Arquivo da tag: foto

Desvendado o mistério da foto 3×4

Você que acompanha todas as histórias e coincidências da minha vida está prestes e ler sobre a maior delas. Uma que talvez feche um ciclo do meu blog e comece outro, já que ficou parecendo o fim de um começo. Hahaha, isso ficou confuso mas vou explicar.

Quem me segue no Tuinter já sabe que eu encontrei o cara da foto 3×4, que ele se chama Victor e provavelmente deve estar louco pra saber como foi quando nos conhecemos. Isso tudo é muito legal e eu já conto como foi, mas a parte mais louca da história não é essa.

O Vito – como é carinhosamente chamado pelos amigos – achou meu blog através de uma amiga e deixou um comentário. Paralelamente, recebi outro comentário de um cara falando sobre um bilhete que eu mandei para ele há pouco mais de 2 anos atrás. Ele relatou nossa história e disse que tinha chegado até meu blog pelo post da foto 3×4, já que o Vito é melhor amigo e sócio dele. Esse cara, chamado Jonas, é nada mais nada menos um dos motivos pelo qual o meu blog existe. Ele é o personagem principal do primeiro post do meu blog: O Começo de um e Outro e foi depois dessa história que resolvi fazer um blog. Achei que essas aventuras com desconhecidos poderiam ser interessantes pra minha vida, e desde então, venho aprontando altas confusões.

Ou seja: achei o cara da foto 3×4 que peguei um dia no chão e esse cara da foto é melhor amigo do Jonas, que viveu comigo a minha primeira experiência de contato com desconhecidos. Incrível não? Qual é a chance disso acontecer numa cidade tão grande quanto São Paulo? Eu juro que custei a acreditar. Mas não é mentira!

Sexta (dia 29/10) foi a comemoração do aniversário do Vito e ele me convidou para ir, então acabei conhecendo os 2 de uma só vez.

Para a minha surpresa, o Vito é pequeno e um pouquinho diferente do que eu imaginava. Achei que ele fosse mais tímido, mas é comunicativo e fala super bem. Me deu vontade de guardar ele num potinho, de tão fofo que é. Como era aniversário dele, ele estava super animado e era o cara que mais dançava na pista de dança. A balada foi meio de tango, umas músicas que pareciam músicas de filme e todo mundo dançava de um jeito diferente, mas o Vito era o que mais arrasava! Já o Jonas, conversei menos no dia mas mesmo assim foi engraçado reencontrá-lo já que não fazia ideia de como era o rosto dele e acabei lembrando do dia do metrô.

Bom, mas quem é o cara da foto 3×4 afinal?

A parte da área de humanas a gente acertou, mas ele não é publicitário. Ele faz ilustrações lindinhas e tem uma produtora, onde mexe com toda essa coisa de animar os desenhos, fazer curtas e coisas bacanas. Aliás, ele e o Jonas são sócios.

(Vito dançando  na festa, por ele mesmo)

O tênis que ele usa? Não era Mad Rats. Mas era um tênis diferentinho, tipo um All*Star de outra marca. Eu seria amiga dele apenas olhando para aquele tênis.

Ele tem a idade que eu imaginava, 20 e poucos anos. Mais precisamente 24, nascemos no mesmo ano!

Ainda precisamos nos conhecer mais para fazer uma longa análise sobre ele mas não via a hora de contar isso tudo pra vocês. Sabe o que podemos fazer? Deixem o que vocês querem saber sobre ele nos comentários que eu vou perguntando pra ele e respondendo cada um. Achei tão bacana que todos entraram no clima de analisar o cara da foto, que acho que agora devo isso a vocês como agradecimento.

Ps. depois dessa coincidência MONSTRA, parei para pensar de onde vem tudo isso. Não acho que Deus queira que minha vida seja um seriado. Só acho que dou mais chances para esse tipo de coisa acontecer. Espontaneidade, cara de pau e criatividade. Que tal exercitar mais essas características? 😉

O Começo de um e Outro

Anúncios

58 Comentários

Arquivado em achados e perdidos, Desenho, Fatos da vida, Relacionamentos

Achados e Perdidos

É engraçado o que podemos achar se andarmos atentos ao chão. Eu sempre ando nas calçadas de olho em qualquer papelzinho miúdo que possa conter informações escritas por outra pessoa. Adoro bilhetes! Adoro pessoas e as histórias que elas vivem.

Dessa vez o achado não foi um bilhete, e sim, algo talvez tanto quanto ou mais interessante que um bilhete: uma foto 3×4. Quando achei, ela estava virada de cabeça para baixo e eu dei um chutinho para tentar virá-la sem ter que pegar com a mão. Nisso, ela deu uma raspadinha no chão e riscou toda. Se não fosse o chutinho teria a foto novinha em mãos.

Como sempre analiso os bilhetes que encontro, resolvi analisar essa foto também. O cara da foto, para ser mais exata. Encontrei ela na Av. 9 de Julho numa segunda feira de manhã.

Será que é possível analisar a vida desse cara apenas olhando para sua foto 3×4? Vou me atrever a tentar. E se você reconhecer ele de algum lugar, me conte quem é! Imagina ele chegar até meu blog, ver a análise e virarmos amigos? Bom, espero que um dia ele veja isso.

Segue a lista de impressões que tive dele:

Ele deve ter um nome comum, tipo Rafael ou André e provavelmente está no auge de seus 20 e poucos anos. Gosto dos alargadores e da cor de sua blusa, isso mostra que ele é meio alternativo e deve gostar de boa música. Imagino que ele deva ser um cara divertido, daqueles que é legal ser amigo, sabe? Deve tocar algum instrumento, provavelmente tinha uma bandinha quando era mais novo e hoje em dia trabalha com algo relacionado a design ou música. Se não for isso, com certeza ta dentro da área de humanas.

Se ele não tiver uma namorada, deve ter uma garota. Uma garota que talvez nem goste dele, mas que ele gosta faz um tempo. No fim das contas, ele não vai ficar com ela. Ele vai acabar achando uma garota mais legal e divertida, que tem tudo a ver com ele e eles vão se dar muito bem juntos.

Ele seria o tipo de amigo que eu chamaria para tomar uma cervejinha gelada no boteco da esquina. Não tem cara de quem é metido e gosta de lugares caros. Também não é o tipo de cara super extrovertido que curte tirar fotos e falar com todo mundo.

Aliás, não acho que ele tenha gostado do resultado da sua foto 3×4, afinal… Quem gosta? Fora que ele deve ter uma pitadinha de avoado para ter perdido essa foto e assim ela chegar até mim. A última coisa que fiquei pensando é que ele é o tipo de cara que acha um saco fazer a barba. Não que ele fique parecendo um mendigo, mas ele só faz a barba quando necessário para continuar um pouquinho aceitável para a sociedade.

E aí, o que acharam? Queria que cada um de vocês fizesse sua análise sobre o cara aí nos comentários do blog 😉

Update: a Gabriela deixou um comentário nesse post que funcionou como a cerejinha do bolo. Ela disse que ele usa o tênis Mad Rats, que é o mesmo que eu uso e eu acho que é a cara dele! Sabia que o post ficaria incompleto se eu não disesse o tênis que ele usa, afinal, tênis dizem muito sobre as pessoas. Então, ta aí. Nosso amigo da foto 3×4 usa Mad Rats!

76 Comentários

Arquivado em achados e perdidos, Comportamento