Arquivo da categoria: Internet

Turntable, um novo jeito de conhecer bandas novas [Update]

Essa semana conheci um site que acabou dando uma bombada de tão legal que é. Mas para quem não chegou a ver ou teve preguiça de entrar pra conhecer, vou contar aqui e tentar te convencer de que vale muito a pena dar uma olhada. Eu por exemplo ando viciada e confesso que passei dias inteiros de trabalho ouvindo músicas e conhecendo bandas novas. (a parte boa do home office é que posso deixar o som no talo sem ninguém reclamar da música!)

Sou daquelas que, quando gosto de uma banda, ouço MUITO até enjoar. E vira e mexe tenho aqueles momentos onde não aguento mais ouvir as músicas do meu iTunes e saio em busca de coisas novas, mas é difícil achar bandas muito boas depois que o last.fm virou pago. O que sempre fazia era baixar mensalmente a Indie Rock Playlist, que disponibiliza para download um torrent com várias músicas indies por mês, e tinha bastante coisa boa. Mas as vezes coisas ruins também.

Para que serve o Turntable?

O Turntable, além de te fazer conhecer bandas novas, funciona como se fosse uma balada virtual. Você escolhe o estilo que gosta, ouve músicas bacanas e encontra amigos ou conhece gente nova. Por estar em fase beta ainda, você só pode entrar se um amigo seu do Facebook estiver nele, mas isso é fácil conseguir. Ao entrar, você vê uma lista com as salas de música criadas de acordo com estilos musicais. Do lado direito você pode ver se algum amigo seu do Facebook está em alguma sala.

Chegando na “balada”

Uma vez que você escolheu a sala, entra nela e já vem a surpresa: os bonequinhos e a arte toda do site, são uma graça. Você pode mudar seu personagem no menu “settings” lá em cima, e alterar seu nome também, que já vem com o nome que está no seu Facebook por padrão. Cada sala pode ter de 1 a 5 djs, e eles ficam na parte de cima tocando. Cada um toca por vez e na sua vez de tocar, seu avatar fica iluminadinho.

Como está a música? Lame ou Awesome

Na parte inferior, existe um “termômetro” onde você pode ver como está indo o desempenho do dj durante a música que ele está tocando. Se você curtiu a música, aperte “Awesome”. Note que seu avatar começa a dançar, mostrando que está curtindo a balada. Se não curtir, aperte “Lame” e se o dj receber muitos “Lames” ele corre o risco de ser passado para trás tendo sua música cortada ao meio para o próximo dj poder tocar.

Quero tocar, como faz?

Para começar a tocar, você precisa ter músicas na sua lista. No menu do lado direito, tem o botão “Add Songs” e clicando ali você pode fazer uma busca pelo artista que você quer tocar ou, se preferir, pode fazer o upload de uma música que você tem no seu computador. Ao buscar músicas na lista deles, você pode ouvir um preview da música dando play do lado esquerdo do nome dela.

Para organizar a ordem das músicas, basta arrastá-las com o mouse para cima ou para baixo. A primeira música da lista é sempre a próxima que será tocada e ao lado de cada uma existe um botãozinho “Top” que se você clicar, a música vai para a primeira posição da lista.

Depois que seu setlist estiver pronto, basta esperar vagar um lugar! Se a sala for muito disputada, você tem que ficar de olho para quando alguém sair, poder entrar no lugar dessa pessoa. Quando o lugar lá em cima nas picapes aparecer vago, é só clicar em “Play Music’. Se demorar muito para vagar um lugar, você pode tentar outra sala do mesmo estilo ou criar a sua própria sala.

Como criar uma sala?

Se você não achou uma sala do estilo musical que quer tocar ou a sala que você gostou já está cheia, existe a possibilidade de criar uma com o nome que quiser. Vá para a home do site e clique em “Create Room”. Nela é você quem manda! Para facilitar, coloque o estilo musical no nome da sala para as pessoas já terem uma ideia do que é para tocar nela. É preciso deixar bem claro que estilo de música você quer que toquem, para não ter que ficar expulsando ninguém. Pois é… Se a sala for sua, dá para explusar um dj da picape se ele estiver tocando músicas que não tem nada a ver com o estilo musical da sala.

Ao criar a sala é você quem escolhe quantos djs poderão tocar nela. Cada sala pode ter de 1 a 5 djs no máximo e você pode deixá-la pública (todo mundo pode ver, entrar e tocar) ou deixá-la escondida (só entra quem tiver o link da sala).

Ganhando pontos e regalias

Se você quiser ser um dj consagrado, tem que ter um avatar bacana daqueles que só os melhores djs tem. Para isso, você não pode bobear tocando músicas ruins ou que estejam fora do estilo musical da sala. Quanto mais “Awesomes” você ganhar com as músicas que toca, mais pontos você terá. Existem avatares travados que você só consegue usar se já tiver muitos pontos. Batalhe por eles agradando a galera da pista!

Toque e curta com os amigos!

O legal do Turntable é que você não precisa nem sair de casa para ir pra balada com os amigos. Já aconteceu de estar numa sala ouvindo músicas enquanto trabalhava, e “sem querer” encontrar um amigo na mesma sala e começarmos a conversar pelo chat. “Opa, você por aqui? Boa essa música, heim?!”. Só falta mesmo uns bons drink...

Dicas

Para quem quer conversar bastante “dentro da balala”, é bom desabilitar o som do chat, que faz um barulho meio chatinho a cada mensagem que é enviada e recebida. Para isso é só clicar em “ding on / ding off” ao lado de onde está escrito chat.

Para controlar o volume, basta colocar o mouse em cima das caixas de som. Lá tem o volume da música e a opção de dar mute nas caixas.

Se você gostou muito de uma música que um dj está tocando e quer colocá-la na sua lista, basta colocar o mouse em cima do nome da música e clicar no “t” de Turntable. A música automaticamente vai para a sua lista de músicas.

Quer acompanhar o seu dj preferido? Coloque o mouse em cima do avatar dele e comece a segui-lo. A partir daí você poderá ver em que sala ele está tocando e segui-lo em todas as baladas!

Reparou que o Turntable sabe diferenciar quem usa Mac, Pc e Linux? Lá em cima na picape eles colocam o seu notebook da marca que realmente é, achei isso super fofo.

O que pode melhorar no Turntable?

Sinto falta de uma organização maior na minha playlist. Seria legal se pudesse separar as músicas por estilo, isso facilitaria bastante na hora de tocar em salas com estilos musicais diferentes.

Estou há pouco tempo nessa brincadeira e já enjoei um pouco dos avatares. Até dos mais legaizinhos. Acho que a escolha do avatar poderia ser mais personalizada, pra parecer mais com o dj e ficar mais fácil de se achar e achar os amigos na pista!

A opção de chat poderia ser privada além de pública. Imagina, você conhece uma pessoa na pista da balada e vai conversar num chat privado com ela lá? Bem mais legal, hehehe.

__________________________________________________________

Bom, espero que tenham gostado do post e curtam muito o Turntable, assim como eu ando fazendo todos os dias. Compartilhem nos comentários a experiência de vocês! Gostaram? Mudariam alguma coisa? Quem tiver dúvidas também pode perguntar que eu respondo nos comentários mesmo 😀

__________________________________________________________

R.I.P. Turntable

Para a nossa tristeza, o Turntable agora é restriro aos EUA. Foi bom enquanto durou… 😦

 

3 Comentários

Arquivado em Dica, Internet, Música

Desencontro 2011

Aconteceu nesse final de semana um evento de Social Media lá em Fortaleza, chamado Desencontro. Apesar do nome escolhido exatamente para causar polêmica, o evento foi um grande encontro de vários personagens indispensáveis na história da social media, e toda a galera que curte o assunto lá em Fortaleza. Tenho certeza que surpreendeu a todos, tanto quem se inscreveu para assistir quanto todos os palestrantes.

Fui convidada para participar do painel “As mulheres na internet”, que foi o primeiro logo após a abertura do evento. Me surpreendi com a quantidade de participantes e o tamanho daquilo tudo, conheci pessoas super queridas e recebi retornos ótimos de pessoas que viram nosso painel.

Depois de saír do palco, dei uma entrevista para o Diário do Nordeste, falando sobre o quanto a internet é capaz de aproximar pessoas. Eles leram o post do cara da foto 3×4 e pediram para explicar melhor essa história louca. Vocês podem ver o vídeo da entrevista abaixo ou ler a entrevista na íntegra no site do jornal. Achei fofo o título que eles deram para a matéria: O Fabuloso destino de @rebiscoito.

Claro que vocês ignoraram totalmente o fato deu ter me embananado na hora de explicar a Teoria dos 6 graus de separação no meio da entrevista, né? Mas se eu não tivesse falado alguma besteira pra passar vergonha depois, não seria eu. hahahaha

Nesse momento estou sofrendo de depressão pós Desencontro e tenho certeza de que a galera que estava por lá também. Principalmente porque lá fazia sol todos os dias, eu passava o dia me bronzeando para ficar da cor do pecado e pulando na piscina para refrescar. Até a Rebiscate apareceu na noite em que resolvi saír da festa oficial do Desencontro e ir pruma balada meio suspeita chamada “Ordinária”, que acontecia num buraco chamado Cine Betão, onde funciona normalmente um cinema pornô.

Também não seria eu se não tivesse me apaixonado brevemente durante a viagem. É óbvio que isso aconteceu e eu fico toda boba só de lembrar. ♥

Aqui estão algumas fotos que tirei durante esses 3 dias, só para dar um gostinho da viagem!

7 Comentários

Arquivado em Eu, Internet, Vídeo

Amor Virtual

Imagino que a empolgação que vocês tem ao lerem sobre um novo affair meu, é a mesma que eu tenho quando tudo acontece. (Ou talvez um pouco menos né?) Mas é que eu nem acredito que ele realmente acontece, sempre acho incrível e é tudo novo e empolgante pra mim!

Cada vez mais, eu concordo plenamente com as pessoas que dizem que minha vida parece um seriado. Ou esse mundo é um ovo. Ou eu nasci pra ser a garota das coincidências. Porque gente, to passada com o que aconteceu hoje! Mas ok, vamos começar do começo.

Ano passado aconteceu algo inusitado. Eu até já tinha um post pron-ti-nho salvo aqui no WordPress pra postar ele quando eu fizesse a coisa andar mas daí acabei desencanando e ele ia ficar pra nunca mais. Pois bem, pra vocês verem que mesmo quando eu desisto de fazer acontecer, se é pra acontecer, VAI acontecer.

Um belo dia no Twitter, ao começar uma chuva torrencial no meio de um dia de muito calor, eu twitto a seguinte frase:

Daí recebo um replie de um cara que não me seguia e eu também não seguia ele, dizendo assim:

Achei estranho e resolvi jogar ele no google pra ver se o conhecia, quando de repente me dou conta de que ele era praticamente o amor da minha vida! Então, me declarei:

Dei um jeito de conseguir o msn dele, já que não estava fazendo nada, e por sorte ele estava online. Depois de explicar essa minha paixão avassaladora, ele disse que queria me ver. Marcamos, quase ali naquela mesma hora, mas daí uma amiga minha ligou me convidando pra ir no show do The Killers e eu, que nem tinha certeza se ia mesmo dar certo, resolvi ir no show. O combinado era: se encontrar e antes de falar qualquer palavra, dar um beijo. O meu medo na real, era conhecer e conversar com ele, daí ver que ele não era nada do que eu imaginava e desencantar. Então eu queria fazer a coisa de um jeito bonito e deixar as consequências pra depois.

Fui pro show, o momento esfriou, ele entrava pouco no msn e quando entrava eu também  não queria conversar muito…Daí disse pra ele que ia mandar uma carta, por correio. Porque ele geralmente não me dava muita bola (ca entre nós, eu  também não daria bola prum louco apaixonado que aparece no meu msn, e ele nunca nem tinha visto fotos minhas nem nada e eu achei que mandando uma carta a coisa ficaria mais interessante). Cheguei a escrever a carta, mas achei que com as festas de final de ano o impacto de receber uma carta perderia a força, então resolvi guarda-la e mandar em 2010.

Enfim né, tava lá com o fulaninho que partiu meu coração no post anterior, dei uma esquecida em outras partes da minha vida, e desencanei de mandar a carta. Mas Deus tem esse timing perfeito né? Hoje, dias depois do meu coração ser partido, bem no dia que estou indo pro meu primeiro dia no emprego novo, passo na padaria da rua da minha casa e QUEM EU VEJO COMENDO UM SALGADO? Ele! O amor da minha vida! Dá pra acreditar numa coisa dessas? Pois é, eu também não acreditei quando vi, então resolvi chegar mais perto.

– Oi…Você é o Felipe né?

– Sim… (cara de interrogação)

– Sabe quem sou eu? (sorrindo que nem idiota)

– Não… (?)

– A Rebiscoito!

Nunca vou me esquecer desse momento. Ele arregalou os olhos, engoliu a comida que estava na boca, pegou um guardanapo e se limpou, levantando da cadeira pra me dar um beijo e um abraço, com um belo sorriso no rosto! Claro que ele também não acreditava que era eu que estava ali, bem na frente dele! (não, o beijo não foi na boca, mesmo porque eu também estava comendo club social e não seria um bom momento naquela hora. hahaha)

Ele puxou uma cadeira e falou preu me sentar com ele. Eu disse que estava indo pro meu primeiro dia num trabalho novo e não podia. Comentamos o fato de como era bacana estarmos nos encontrando assim do nada, sem combinar. Ele me falou que ia ensaiar uma peça perto da minha casa e por isso estava lá. (sim, ele é ator, quer coisa mais apaixonante que isso?) Comentou também o fato deu estar muito cheirosa (hihihi japeguei) e eu disse que tinha que ir embora, mas tinha sido muito bom conhecer ele. Ele falou que logo nos veríamos de novo, pois iríamos marcar de se ver em breve. O final foi assim, bonito, porque eu estava já andando em direção a saída e enquanto ele falava, segurava minha mão. Ai, to me sentindo gay e brega de falar esses detalhes mas na hora eu reparo mesmo!

Saí correndo pra pegar meu ônibus que passava do outro lado da rua. Quando me sentei no banco, recebo uma mensagem de um número desconhecido: “Adorei. Melhor que imaginei e mais cheirosa tb. Bom primeiro dia. Bom primeiro encontro. Bjo, Fe.” Nem lembrava que ele tinha meu celular. Passei quando estavamos marcando o primeiro encontro que não deu certo, e mesmo assim imaginei que ele nem tinha anotado. Respondi dizendo que também tinha adorado e que tinha sido “amor a 2ª vista”.

Enfim, esse é o começo da minha história. Espero que ela tenha uma continuação, e das boas! O que vocês acham? Por enquanto, não vou revelar a verdadeira identidade do rapaz. Quem sabe depois que acontecer, pra não dar azar né? 😉

“É Tudo Improviso”

49 Comentários

Arquivado em Comportamento, Eu, Fatos da vida, Internet, Relacionamentos

Mojita-se

Antes de começar o post, quero deixar aqui registrada minha decepção comigo mesma por não ter sido capaz de editar um vídeo que gravei pra colocar aqui. Nem o Movie Maker eu tive paciência de aprender a usar, então vou ilustrar o post com um vídeo já pronto e editado e lindo que fizeram no evento da Bacardi que participei. hahaha 😦

Esse post é o segundo com o tema “RECEITA” aqui no meu blog. Mas dessa vez não é coisa de menininha, doninha de casa boa pra casar não! Nããão, nananinanão! Muito pelo contrário! É de garota baladeira bêbada animada que se joga na balada e ahaza! Hahaha brinks..Mas enfim, vamos parar de enrolar e chegar logo onde interessa!

Introdução: eu sempre fui fã de cerveja. Sempre fui a garota da cerveja, vou pro bar só tomo cerveja, vou pra balada só tomo cerveja e bababi bababá. Bebidas destiladas não são o meu negócio. Não curto aquele gosto de bebida alcoólica que fica na boca, sabe? Só escolhia tomar destilados quando queria ficar triloca [ou seja, quase nunca]. Até que um dia, me chamaram pra fazer figuração num comercial pra internet da Bacardi Mojito. Achei mega divertido fazer, tinha bebidinhas de graça, muita gente bonita e azaração! Foi lá que eu experimentei, pela primeira vez, um mojito de qualidade. Aquele que você toma e sente um gosto bom, não uma ânsia de vômito [que é o meu caso as vezes]. Depois, rolou uma festinha no Sonique da Bacardi Mojito, e lá eu tive um mini curso de bartender. Não foi bem um mini curso, eu só aprendi a fazer mojito e, como ficou uma delícia e eu viciei totalmente nessa bebida, resolvi passar a receita pra vocês, pq coisa boa a gente tem que dividir casamiga né? hahaha 😀

Ingredientes para Mojitar-se:

50 ml de Bacardi Superior [eu coloco a gosto pq não gosto se ficar muito forte]

7 folhas de hortelã [bonitas, tamanho médio]

1 colher de sopa de açúcar [não muito cheia, mas também a gosto]

15 ml de suco de limão [eu expremo meio limão e ta ótimo]

Água com gás [pra completar o copo – e pelo amor, não usar bebidas de limão tipo Sprite, fica doce e horrível!]

Exprema o limão no copo, coloque a colher de sopa de açúcar e as folhas de hortelã. Marece a hortelã bem de leve, sem deixar ela se moer e despedaçar. Coloque bastante gelo no copo junto com o Bacardi Superior e mexa bastante, de preferência use uma coqueteleira. Depois, coloque no copo e decore com umas folhinhas de hortelã por cima [pq além de gostoso, tem que ficar lindo né?]

Aqui estou eu fazendo meu super mojito delicioso na festa da Bacardi:

E ah! Se você quiser ver o comercial que eu participei, é só entrar no site Mojita-se com Bacardi, que ficou bem bacana. Lá tem outras receitas de mojito também! Depois me contem se me acharam no meio da figuração na propaganda! hahaha

16 Comentários

Arquivado em Eu, Internet, Vídeo

Oi, essa sou eu :)

Não sei se tenho uma noção exata de quantas pessoas entram no meu blog. Também não sei como elas chegam até aqui, quem são, o que querem, se gostam ou não…No WordPress, rolam as estatísticas, que me ajudam bastante a descobrir um pouco mais sobre isso mas…Não é o bastante. Nem todo mundo que entra e lê, comenta. Aliás, a maioria nem comenta, não sei nem se as pessoas tem paciência de me ler até o final. Eu adoro ler os comentários e saber o que as pessoas pensam, respondo alguns que acho que devo responder e adoro essa interação com meus leitores.

Bom, levando em consideração que eu não sei muito sobre vocês, vou escrever esse post como se vocês não soubessem nada sobre mim. Tudo bem, vocês sabem dessas histórias loucas da minha vida, sabem que sou meio maluca por relações com pessoas e, se estão aqui, é pq gostam disso.

Então, resolvi mostrar um pouquinho de mim. Como eu sou, como falo, o jeito com que mexo as mãos, me expresso e me confundo em meio a meus pensamentos. Acho que deve dar pra perceber, pela minha escrita, que eu penso mais rápido do que consigo falar né? Talvez escrevendo não seja tão confuso pq eu reviso depois, ajusto algumas idéias que possam ter ficado confusas mas…Eu sou estranha! hahaha Quando me empolgo com alguma coisa e tenho vontade de contar sobre ela, eu começo a falar sem parar e é raro encontrar alguém que acompanhe meu ritmo sem se perder.

Uma ferramenta muito legal pra perceber isso é o Gengibre. Não sei se vocês conhecem mas o Gengibre é tipo um Twitter falado. Você faz gravações de voz inves de ter 140 caracteres para se expressar. Quem quiser ouvir o meu, está aqui: Gengibre da Rebiscoito

Agora, indo um pouco mais a fundo, essa sou eu em pouca carne e puro osso:

Esse é um vídeo feito por 2 amigos meus do blog ideia sem hífen, para o trabalho de graduação da faculdade. Na verdade, esse vídeo é apenas uma amostra do que está por vir. Eles editaram minha entrevista e fizeram essa prévia de 1 minuto pra concorrer no “Histórias que mudam o mundo”, um concurdo do site Museu da Pessoa.

Então, além de me conhecer um pouco melhor me ouvindo e me vendo falar, se tiverem gostado do vídeo e quiserem votar nele, entrem no site e votem. Não precisa se cadastrar nem fazer nada dessas coisas chatas, basta um cliquezinho 😉 [Quando o vídeo final tiver pronto, claro que eu vou postar aqui.]

Agora, sabe o que eu queria? Que vocês comentassem sobre o que acharam de mim. Eu imagino, que pra quem não me conhece pessoalmente, deve ser engraçado me ver falando depois de tanto me ler. Me imaginavam diferente? Tipo loira, gorda, voz grossa ou voz fininha? Quando o povo me conhece pessoalmente em eventos do Twitter por exemplo, sempre falam algo do tipo: “Nossa, achei que você era gorda, baixinha e realmente usava aqueles óculos fundo de garrafa!” hahaha…To escrevendo tudo isso pq, no lugar de vocês, eu ficaria mega curiosa pra conhecer a pessoa que está por trás dos textos que eu tanto gosto de ler. E pra quem curtiu o Gengibre, me adicionem lá, mandem o link do perfil de vocês pra gente se conhecer melhor!

84 Comentários

Arquivado em Comportamento, Eu, Internet, Vídeo

#pornday no Twitter!

Eu (@rebiscoito), @nikofernandez e @tomcarvalho, criamos o #pornday, que será dia 07/05/2009 no Twitter e estão todos convidados a participar e retwittar!

Vale mudar a foto para estrelas pornográficas, peitos balangando ou qualquer coisa relacionada a sexo, vale contar seu fetiche ou sua maior fantasia, escrever onomatopéias sexuais, contar histórias que aconteceram com a amiga da tia da sua vizinha [cof cof cof] VALE TUDO RELACIONADO A SEXO!

Por saber que é um assunto que interessa a muitos, peço que retwittem este link para divulgação! Twitter sexual já!

#pornday 07/05/2009

26 Comentários

Arquivado em Internet, Sexo

Light Painting SPFW

Este ano, um pouco antes do início do São Paulo Fashion Week, participei de um freela para fazer uma animação pro IG. Foram longas 4 noites, onde eu saía do trabalho e ia direto pro Parque do Ibirapuera fotografar e só saía de lá de madrugada! O resultado está aqui: 30 segundos de um stop motion feito com lanternas!

4 Comentários

Arquivado em Design, Internet