Amor Virtual

Imagino que a empolgação que vocês tem ao lerem sobre um novo affair meu, é a mesma que eu tenho quando tudo acontece. (Ou talvez um pouco menos né?) Mas é que eu nem acredito que ele realmente acontece, sempre acho incrível e é tudo novo e empolgante pra mim!

Cada vez mais, eu concordo plenamente com as pessoas que dizem que minha vida parece um seriado. Ou esse mundo é um ovo. Ou eu nasci pra ser a garota das coincidências. Porque gente, to passada com o que aconteceu hoje! Mas ok, vamos começar do começo.

Ano passado aconteceu algo inusitado. Eu até já tinha um post pron-ti-nho salvo aqui no WordPress pra postar ele quando eu fizesse a coisa andar mas daí acabei desencanando e ele ia ficar pra nunca mais. Pois bem, pra vocês verem que mesmo quando eu desisto de fazer acontecer, se é pra acontecer, VAI acontecer.

Um belo dia no Twitter, ao começar uma chuva torrencial no meio de um dia de muito calor, eu twitto a seguinte frase:

Daí recebo um replie de um cara que não me seguia e eu também não seguia ele, dizendo assim:

Achei estranho e resolvi jogar ele no google pra ver se o conhecia, quando de repente me dou conta de que ele era praticamente o amor da minha vida! Então, me declarei:

Dei um jeito de conseguir o msn dele, já que não estava fazendo nada, e por sorte ele estava online. Depois de explicar essa minha paixão avassaladora, ele disse que queria me ver. Marcamos, quase ali naquela mesma hora, mas daí uma amiga minha ligou me convidando pra ir no show do The Killers e eu, que nem tinha certeza se ia mesmo dar certo, resolvi ir no show. O combinado era: se encontrar e antes de falar qualquer palavra, dar um beijo. O meu medo na real, era conhecer e conversar com ele, daí ver que ele não era nada do que eu imaginava e desencantar. Então eu queria fazer a coisa de um jeito bonito e deixar as consequências pra depois.

Fui pro show, o momento esfriou, ele entrava pouco no msn e quando entrava eu também  não queria conversar muito…Daí disse pra ele que ia mandar uma carta, por correio. Porque ele geralmente não me dava muita bola (ca entre nós, eu  também não daria bola prum louco apaixonado que aparece no meu msn, e ele nunca nem tinha visto fotos minhas nem nada e eu achei que mandando uma carta a coisa ficaria mais interessante). Cheguei a escrever a carta, mas achei que com as festas de final de ano o impacto de receber uma carta perderia a força, então resolvi guarda-la e mandar em 2010.

Enfim né, tava lá com o fulaninho que partiu meu coração no post anterior, dei uma esquecida em outras partes da minha vida, e desencanei de mandar a carta. Mas Deus tem esse timing perfeito né? Hoje, dias depois do meu coração ser partido, bem no dia que estou indo pro meu primeiro dia no emprego novo, passo na padaria da rua da minha casa e QUEM EU VEJO COMENDO UM SALGADO? Ele! O amor da minha vida! Dá pra acreditar numa coisa dessas? Pois é, eu também não acreditei quando vi, então resolvi chegar mais perto.

– Oi…Você é o Felipe né?

– Sim… (cara de interrogação)

– Sabe quem sou eu? (sorrindo que nem idiota)

– Não… (?)

– A Rebiscoito!

Nunca vou me esquecer desse momento. Ele arregalou os olhos, engoliu a comida que estava na boca, pegou um guardanapo e se limpou, levantando da cadeira pra me dar um beijo e um abraço, com um belo sorriso no rosto! Claro que ele também não acreditava que era eu que estava ali, bem na frente dele! (não, o beijo não foi na boca, mesmo porque eu também estava comendo club social e não seria um bom momento naquela hora. hahaha)

Ele puxou uma cadeira e falou preu me sentar com ele. Eu disse que estava indo pro meu primeiro dia num trabalho novo e não podia. Comentamos o fato de como era bacana estarmos nos encontrando assim do nada, sem combinar. Ele me falou que ia ensaiar uma peça perto da minha casa e por isso estava lá. (sim, ele é ator, quer coisa mais apaixonante que isso?) Comentou também o fato deu estar muito cheirosa (hihihi japeguei) e eu disse que tinha que ir embora, mas tinha sido muito bom conhecer ele. Ele falou que logo nos veríamos de novo, pois iríamos marcar de se ver em breve. O final foi assim, bonito, porque eu estava já andando em direção a saída e enquanto ele falava, segurava minha mão. Ai, to me sentindo gay e brega de falar esses detalhes mas na hora eu reparo mesmo!

Saí correndo pra pegar meu ônibus que passava do outro lado da rua. Quando me sentei no banco, recebo uma mensagem de um número desconhecido: “Adorei. Melhor que imaginei e mais cheirosa tb. Bom primeiro dia. Bom primeiro encontro. Bjo, Fe.” Nem lembrava que ele tinha meu celular. Passei quando estavamos marcando o primeiro encontro que não deu certo, e mesmo assim imaginei que ele nem tinha anotado. Respondi dizendo que também tinha adorado e que tinha sido “amor a 2ª vista”.

Enfim, esse é o começo da minha história. Espero que ela tenha uma continuação, e das boas! O que vocês acham? Por enquanto, não vou revelar a verdadeira identidade do rapaz. Quem sabe depois que acontecer, pra não dar azar né? 😉

“É Tudo Improviso”
Anúncios

49 Comentários

Arquivado em Comportamento, Eu, Fatos da vida, Internet, Relacionamentos

49 Respostas para “Amor Virtual

  1. Adoro suas histórias que por mais irreais que pareçam são reias e lindas! Isso é o mais emocionante!
    Sempre torço para que deem certo porque fico naquela de…own ainda existe amor!

    Beijão

  2. Tu é corajosa de mandar toda essa história aos ventos onlines… queria conseguir, mas vem tudo em metáforas brilhantes… aahahahaha! Mas mto bacana mesmo isso tudo! Tô curiosa com o próximo episódio…rs!
    Beijo

  3. Gian Lucca

    você é incrível, eu leio sorrindo

  4. Liliane Henque

    Ai que demais! Ahhh sua vida é mesma digna de um bom seriado, hahahhaa, nem dá pra acreditar, destino mesmo viu. E foi o que você falou, quando tem que acontecer vai acontecer. Muito incrível.
    Estou torcendo demais pra que dê certo e que você possa vir aqui com boas notícias. hehehehe Fiquei curiosa pra saber quem é o amor da sua vida, mas é melhor deixar “guardado” por enquanto.
    Tenho certeza de que nada do que acontece com você é por acaso. ;D
    Beijo!

    ps. Parabéns pelo primeiro dia de trabalho!

  5. Aaaahhh (gritinho histérico de menina que se empolga com essas coisas, rs). Ansiosa pela continuação dessa história. Sim, pq rolando ou não rolando, é mais uma história boa que você terá vivido e, na vida, assim como nos filmes (ou seriados) é só o que importa: a história!!!

    Boa sorte!! 🙂

  6. Ligeira.
    Esse é o adjetivo que me ocorre te dizer quando leio esse texto. Tanto pelo futuro peguete novo quando pelo novo emprego.
    Aliás, lembrei de vc esses dias, qdo comi algumas cerejas chilenas.
    Abraços andinos pra vc. Beijo, beijo

  7. gata, eu namorei quase 4 anos um cara que conheci por sms (esses msm de cel, mandei um sms aleatório, ele respondeu e ficamos juntos um tempão)!

    ou seja, qualquer coisa pode dar certo! tô torcendo por vc!

    bjos!

  8. Assim, meu deu uma senhora inveja aqui ;-;

    Alguem podia fazer um filme, que seja até mesmo um curta, dessa história. Foi tão bonito!

    Esperando por próximos capítulos. o/

  9. Olha, tipo, DESCONSIDERA o nome e URL do comentário anterior XD. Se puder, edita esse comentário com o texto daquele, porque aquele é um blog de testes e estava autenticado aqui ‘-‘

    Obg, e continuo invejando a história, tá?

  10. Pingback: Anônimo

  11. @dagaroa

    Sabe o que eu acho? Que vc vai ser convidada para o BBB 11 hahahhaha! Mto boa sua “serivida”. E quer um conselho? Se é Felipe e é ator…Vai fundo que eu garanto que é sucesso =) Beijos

  12. Que história incrível!!!! Já sabe né…estou doida para saber o desfecho.

  13. não dá pra acreditar! haha.
    não-dá (:

  14. aaaaaaaaaaaaah… cont. cont. cont. bordão da tang: “Quero mais!” hahahah

    mas aê guria, tá hiper interessante esta história..
    a galera e eu, estamos na torcida pra dar td certo. vááá lá, conclua..mas com cont. esta história, e volte cá para dizer à nós mais..

    um beijo

  15. Daniele

    Oi, Renata, tenho 33 anos e acabo de conhecer seu blog indicado pela Lily, da casa está cheia de flores.
    Que máximo!
    Me deliciei com suas histórias.
    Sou casada há 6 anos e tenho 15 anos de relacionamento com meu marido. Como vc vê, não tive uma juventude tão intensa no que diz respeito a “pegação”, mas me identifiquei com seu jeito de escrever sobre seus amores platônicos.
    Amei o post sobre o primeiro diário. Delícia!!!!
    Eu tinha uns 10 anos quando tive meu primeiro diário.
    Eu tenho 3 irmãos, 2 mais velhos e 1 mais novo. Um dos meus irmãos mais velhos era mega ciúmento e pegou esse diário, numa total atitude de desrespeito e mostrou pra minha mãe.
    Na época, eu tinha um amor platônico, desses que vc relata. O cara nem sabia disso, além do mais, ele tinha namorada. Mas, eu de vez em quando ia na casa dele porque ele era amigo da minha melhor amiga.
    Tinham coisas escritas do tipo: “Hoje vi o meu amor” “Estava tão lindo!”. Nada que desse pista de que eu estivesse namorando. Porém, não foi assim que eles interpretaram.
    Fiquei proibida de sair com essa amiga e tomei uma chamada por ter “mentido”, sem ter “mentido”.
    Com raiva, queimei meu diário….e como lamento por isso…
    O importante é que minha memória é o meu arquivo vivo. Lembro do meu primeiro paquera, do que pensava sobre ele…das minhas badalações e diálogos com meus namoradinhos…muito bom!
    Desculpa o comentário longo, tá!
    Mas, olha!
    Parabéns pela sua coragem de expôr pra zilhões de pessoas suas histórias. Histórias, iguais ou parecidas com as de outras pessoas e que deve encorajar muitas outras meninas a serem como você. TRANSPARENTE. Beijocas

  16. Juhlii

    Ansiosa para os próximos capítulos ;D
    Bjobjo.

  17. Ai que coisa mais “modernamente linda” =)
    Boa sorte, que essa história te renda mtos mais posts deliciosos de ler e muitos mais fatos felizes pra compartilhar com a gente!!

    Beijocas.

  18. Daniele,
    não precisa pedir desculpas pelo comentário longo, eu adoro quando comentão grandão! Poxa, que história triste essa do seu diário..Que raiva do seu irmão! Mas..Isso é bem coisa de irmão mesmo né? Meu irmão uma época também pegou meu diário e me zuou pq eu chamava ele de “Peludinho” pq a capa era de pelúcia. Eu fiquei muito brava, daí acho que ele nunca mais pegou. Nessa parte em casa, tive sorte. Meus pais e minha família em geral nunca foram de me prender ou reprimir em nada…Acho que isso foi muito importante preu ter me formado como sou hoje.
    Outra coisa que adorei foi que você é mais velha, tem uma vida e realidade totalmente diferente da minha e mesmo assim gostou do meu blog! Muito bacana. Engraçado como temos idéias erradas né? Eu achava que meu blog era mais voltado pra meninas mais novas, que tem amores platônicos e ainda não são tão…”maduras” se assim posso dizer. Obrigada pelo comentário Dani, adorei!

  19. ai, me identifiquei tanto! huahahauhua…

    acredito 100% em sincronicidades, vai fundo, vai ser! 🙂

  20. Andressa

    Eu sabia que isso ia acontecer, quer dizer, eu comecei a te seguir no Twitter, primeiro um tweet, depois outro, depois todos daí veio o blog, não necessariamente nesta mesma ordem, ahaha, agora cá estou eu, comentando no teu blog – geralmente nunca faço isso pq sei lá, tenho a vaga impressão que as pessoas nem ligam pros coments ou não estão nem aí pra quem os fez. Mas seja como for, gostei muito de ler seu post, e mesmo sem te conhecer, posso dizer que sim, to bem feliz por vc, viu? Mesmo que de longe, (sou de Curitiba – PR), to torcendo pra que esta bonita history tenha uma continuidade cada vez mais legal e feliz. Aquele abraço e, sempre, God Bless you.

  21. Re ^^ ooomg que fofo carann!
    Histórias de amor são sempre muito apaixonantes :)))

    Sorte com o seu gatinho!

    ;***

  22. Curto esses acontecimentos da sua vida. Espero que dê td certo=D

  23. quero entender o pq vc se apaixonou tanto pode ele por um simples ”procurar” no google!rs

  24. Hmmm… essa sensação é ótima. A taquicardia de um encontro inesperado faz a adrenalina bombar pelo corpo todo! E a expectativa pelo próximo encontro deixa tudo muito mais gostoso!

    Ainda bem que você não se beijaram… pois coxinha com club social não favoreceriam o momento… rs

    Muito beijo, e boa sorte!

    R.

  25. Amanda souza,
    me apaixonei pq ele é lindo e engraçadíssimo, não que seja o amor da minha vida mesmo, isso é modo de falar exagerando hahaha mas quando eu postar um vídeo dele aqui, certeza que muitas vão se apaixonar, ele é incrível! ❤

  26. Realmente, quando é pra acontecer acontece de qualquer jeito.
    Boa sorte nessa nova jornada ❤

  27. hahaha tomara que dê certo, aí podemos fazer passeios de casais e vc pode escrever no Diário de Casal rs …… *fdp!! eu fiquei dias esperando vc postar no final do ano o que vc disse que ia postar =( … **esse dia da sua chamada no twitter que eu te “conheci”, lembra?? hahaha =)*

  28. caraka’ O: adorei.. na verdade me apaixonei pela suas histórias desde o flerte no elevador . haha! parei por aqui a pouco tempo e achei graçinha demais seu blog *-* bem, tenho 15 anos rs e sou de bh- mg (: man’ eu só fico lendo e imaginando. mas tudo é incrivel e interessante. Parabéns 😀

  29. can

    Primeira vez que li o seu blog.
    Me emocionei!

  30. Bah!!!!! Que I-RA-DO!!!!! …meus votos são q essa história seja eterna, se puder no fisico, mas já no pensamento 🙂

    Curti demais isso! Mas ué Re, vc não aprendeu nada com a publicidade não é mesmo? Dá pra beijar sim com Club Social, afinal as propagandas não podem estar tão enganadas =D

    Beijos e sucesso no Emprego Novo e também no Amor =P

  31. Pingback: uberVU - social comments

  32. Oi Rebiscoito Fino! entrei depois de um tempão e como na outra vez me diverti ^^
    Essas coincidências são quase irreais, parece que o que está na mente de repente aparece na frente ( música brega? não!). Ultimamente tô acreditando em situações amorosamente de propósito, que também dão essa sensação de encantamento. : )

    Parabéns pela vida que tem !
    Beijo

  33. Take It Easy My Brother Charles.
    Torço, de coração, pra que tudo dê certo.

    Mas vá devagar.
    Não gosto de ver você com o coração partido.

    Seja sincera, com você mesma e só.

    Take It Easy my litle friend.

    =)

  34. Huahauhauha que massa! Essas coisas às vezes a gente deixa de acreditar porque não vemos com frequência, ou com pessoas próximas à nós.
    No meu caso, acredito porque estou lendo no post de uma blogueira! =)
    Enfim….
    Dando minha opinião: acho que tem tudo pra rolar… Se não for algo mais sério, uma boa amizade, ou até uma amizade colorida, por que não??
    Antes de namorar meu namorado, fiquei na amizade colorida. Ninguém merece ter que começar um namoro assim, de cara… E no outro dia vir com “eu te amo, você é o amor da minha vida”
    Então relaxa, aproveita o momento.. curta as mensagens #cantaelegeral e parte pra vida!! *-*
    Se ele der moral, melhor ainda!! Pelo jeito ele tá na onda né??? 😉

    Vou torcer pra que as coisas dêem algo bomm!!!

    Beijos! =*

  35. Adorei, adorei, adorei, adorei! Espero que continue dando tudo “certinho” assim!

  36. NOssa…amei ter passado por aquí, indicação do blog da Lily!
    Assim como a Daniele tbm tenho uma vida bem diferente, já sou casada, tenho filhos, mas acredite, o coração de uma mulher sempre tem espaço grande pra histórias apaixonantes, hilariantes, emocionantes, curiosamente se enche de emoção ao ler sobre o amor, paqueras, enfim, o coração nunca envelhece pro amor e aventuras que ele promove.
    Que dilicinha seu blog!
    Bju

  37. Nat

    Verdade. Sua vida parece seriado! hsuahsuahsa
    adoroooo! x)

  38. E aí, alguma novidade desde que postou?

  39. Rafael,
    até tenho, estamos nos falando por sms mas não sei o que vai rolar ainda.

  40. Rolou uma lágrima aqui. Que lindo isso!

  41. BOA SORTE , REEEEEE! 🙂

  42. Vai rolá tãnãnãn Vai rolá tãnãnãn
    Torcida uniformizada já.kkk
    bjs

  43. uau! Isso bem q podia acontecer comigo. kkkkkk

  44. Ana

    Olá…
    Estava futricando na net e por sorte acabei encontrando esse blog,FICO FELIZ POR VC,REALMENTE SUAS HISTÓRIAS SÃO EMOCIONANTES….e assim fico na esperânça q tb acontece algo parecido comigo,seria ótimo!!!!!!!!!!!
    bjs

  45. Thaty

    ai adorei… que fofo meu!!! quase choro, eu toh numa fase que cara, coisas incríveis precisam acontecer urgente….

  46. mar.w.f

    hoje me dei conta de como é bom navegar em seus mares, é diferente, como é bom!
    não posso dizer que sou fã porque eu simplesmente dispensaria fãs…bons amigos já nos completam, bons amores, como os seus!
    a cada dia você respira diferente não é? eu podia normalmente perguntar: “fumou o quê?” rs, mas assim eu estaria dizendo que fumo junto contigo, pois te adoro, continua escrevendo, tá bem?

    PS: procurava um blog bom há tempos e aqui está! espero que vc se de bem com “ele”, muito bem!

  47. no meu biscoito do azar deu que meu pai não e meu pai eu to ficando loca com isso

  48. adorei… seu jeitinho divertido de levar a vida! bjins!!! Seja feliz sempre!

  49. Pingback: Faça uma Loucura! — Biscoitices

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s