Flerte no elevador: do platônico pro real.

Tô pra escrever as novidades sobre meu vizinho bonitão há tempos mas tava procrastinando. Agora tenho mais 2 partes que vou embutir num post só. Uma delas A-C-A-B-O-U de acontecer. Vamos lá:

Lembram do bilhete que eu mandei pra ele né? Pois bem. Dia desses, num sábado de manhã, toca minha campainha e eu, pelada, penso: “Nem a pau que vou colocar a roupa pra atender a campainha essa hora. Deve ser o lixo.” A campainha tocou de novo e eu resolvi, sem pretensão nenhuma, olhar no olho mágico pra me livrar do peso na consciência. Era a porteira [SIM! eu tenho uma porteira mulher e isso é um máximo!] ela estava com cartas na mão e eu resolvi abrir uma partezinha da porta só pra pegar.

– Oi Renata, o vizinho te deixou isso aqui… [me entregando um pedacinho de papel fechadinho com um clips]

– Quem?

– O Eduardo do 8º andar.

Eu não esbocei nenhuma reação, peguei o singelo papelzinho, agradeci e fechei a porta. Nem preciso dizer que depois que fechei a porta dei pulos e gritinhos de alegria né? Ok.

Resolvi escanear o bilhete e mostrar pra vocês, como primeira prova viva que meu vizinho existe mesmo. Vejam com seus próprios olhos!

Da pra perceber que ele tentou caprichar nas letrinhas né? Primeiro que na capa deve ter errado a primeira letra e resolveu dar um charminho fingindo que as primeiras letras eram pra ser mais riscadinhas. Segundo que dentro, ele criou como se fosse uma tipografia própria! Perceberam? Algumas letras maiúsculas possuem em tracinho a mais como charme. Acho que ele pensou no fato de que eu sou designer, e tentou ser mais caprichosinho [ounnn…]

Depois desse bilhete, era preu ter escrito o post contando pra vocês mas dei uma desanimada. O bilhete não tinha nada muito direto mostrando algum interesse por mim, apenas a atenção esperada né? Afinal, como um bom moço educado, ele apenas respondeu o bilhete que eu tinha mandado pra ele. Pois bem…Voltei a viver minha vida, achando que esse meu amor platônico não passaria de um amor platônico mesmo. Minha mãe tinha até me dito que um dia encontrou ele com uma menina linda no elevador. Disse que a menina era parecida comigo, magrinha, morena..Só era mais arrumadinha [no sentido de ser mais patricinha] e isso comprovava o fato de que ele namora, como meu outro vizinho e meu porteiro me contaram. Então, como eu achava que ele tinha namorada e nunca era direto o bastante, eu nunca teria coragem de fazer nada mais cara de pau.

Hoje, num dia normal de trabalho, choveu muuuito; eu tomei chuva, tava toda mulambenta voltando pra casa, louca pra tomar um banho..Quando entro no meu prédio e ainda balançando meu guarda-chuva escuto um: “Fala Rê!” Olhei pra trás tensa e era ele. “MERDA! Eu aqui fedida e feia, tinha que encontrar ele.” Mas ok, precisava ser simpática e ignorei o fato de estar nojenta. Afinal, ele também devia estar um pouquinho né? [não. tava lindo como sempre. hahahah]

Abri o elevador pra ele, ele deu meia volta e segurou pra mim me falando pra entrar. Dai começamos com aquele lenga lenga casual de elevador, ele me perguntou como eu tava e bla bla bla. “Ué, mas você não tava de carro novo? Pq ta vindo a pé?” Ele me contou que pra ir trabalhar pega metrô e uma van da firma, que fica mais fácil assim. E que o carro é novinho e lindo, ele ainda ta super curtindo. Quando chegou no meu andar, ele abriu a porta pra mim, já saindo no meu hall junto comigo. Uaaau, ele realmente queria conversar. O elevador foi pro 8º, como ele tinha mandado. Ficamos lá um tempão. Contei pra ele que domingo que vem era meu aniversário e ele perguntou a minha idade. 23 eu disse…E você? “Eu tenho 30. Faço 31 em novembro.” “Hummm…30 ainda da pro gasto né?” [OI?! Que comentário xavequeiro foi esse? Morri de vergonha depois que falei, certeza que fiquei vermelha] Daí ele começou a falar de signos. Gente…Diz pra mim: que homem no mundo se interessa por signos??? Ele até falou sobre ascendentes, coisa que eu nem entendo nada! ahahaha Ele disse que era de escorpião e uma das características mais fortes era ser fiel com os amigos e com seus relacionamentos amorosos. Daí o papo foi pra namoro, eu comentei que estava solteira pela primeira vez na vida [pq sempre namorei] e ele me disse que namorou por muito tempo..Depois terminou..Depois namorou..E deixou no ar se era solteiro ou não. Eu resolvi não perguntar, pq depois dele frizar que era fiel, se ele me confirmasse que tinha namorada ia melar nosso climinha né? Então fingi que nem queria saber.

Falamos sobre umonte de outras coisas. Até sobre gays, quado contei que conheci 2 caras la do andar dele e perguntei se eles eram gays. Ele disse que eu era super descolada pq não tinha problema em perguntar isso hahaha. Dai eu falei: “E se eu perguntasse pra vc se vc é gay?” Ele disse: “Ah..Você não precisa me perguntar isso né? Você sabe muito bem que eu não sou.” [tipo, oi? o que ele quis dizer com isso?] Pedi pra ele mostrar as mãos. Morri! Ele tem as mãos lindas, do jeito que eu gosto. Unhas curtinhas, sem roer, mão de homem e o melhor: saindo de um lindo terno. Elogiei, claro. E ele ficou todo feliz.

Então o papo, misteriosamente, voltou pra relacionamentos não lembro como.

– 30 anos já ta na idade de casar né?

– Hahaha pois é… [silêncio constrangedor]

Quando o silêncio constrangedor aparece, vocês sabem né? Eu falo sempre a maior merda do mundo e dessa vez, finalmente soltei:

– Você namora?

– Não.

Gente..Eu juro. Ele não hesitou na resposta. Foi curto e grosso e ainda respondeu sorrindo! E agora? Devo acreditar nele? Sinceramente, eu acho que ele namora. O meu outro vizinho que conhece ele me contou. Minha mãe viu ele com uma mina no elevador. Po, é claro que ele ta falando que não namora pra me xavecar. Mas ok, o que importa é que EU to solteira e se ele quer, estamos aí.

– Po Rê…Você precisa aparecer mais!

– Aparecer onde? Bater na sua porta e dizer oi? hahahaha

– Ah…Pode fazer isso se você quiser…

– Eu não, mó vergonha…Você mora com 20 mil pessoas!

– Hahaha ah..Então..Você não tem algum número?

– Não…

[silêncio constrangedor…]

– hehehe brincadeira, claro que tenho. Anotaí.

Ele pegou o celular do bolso e anotou. Terminamos de conversar e ele chamou o elevador de novo. Quando fomos dar tchau, senti uma entortadinha no rosto dele mas logo virei a cara pra dar beijinho na bochecha. Gente, eu tava fedida de chuva né? Não podia beijar ele naquela hora. Fora que tinha que me preparar psicologicamente também.

Enquanto escrevia esse post, meu interfone tocou e era ele:

– Oi amore…É o Dú! Meu celular deu algum tilt e quando entrei no elevador vi que seu número não estava mais nele. Você pode me passar de novo?

– Hahaha posso..É xxx-xxxx. Ainda bem que a gente mora no mesmo prédio e você pode me interfonar né?

– É verdade. Obrigado linda, um beijo.

Ele me chamou de amore e linda numa mesma conversinha rápida. Podem falar, já peguei. Apesar de que eu acho meio brega ficar chamando de apelidinhos sem ter intimidade, me soa meio xavequeiro. Ah, e o “Mil beijinhos, Dú” no final do bilhete? Hahahaha foi a coisa mais gay do universo! Mas agora eu já sei que ele não é gay. E que ele não namora. [vou fingir que acredito nele pra ficar com menos peso na consciência quando a gente tiver dando uns amassos]

Anúncios

32 Comentários

Arquivado em Comportamento, Cotidiano, Eu, Fatos da vida, Relacionamentos, Sexo

32 Respostas para “Flerte no elevador: do platônico pro real.

  1. gianlucca

    Sensacional, ele tá na tua! Arruma o cabelo, passa um perfume e parte pro ataque! E depois, conte sobre o ataque hahahahahahahaha

  2. Posso falar? Tô acompanhando essa q nem novela e estou adorando! hehehe

    E não acho que ele seja gay não. É menino criado por vó, fofo mesmo.

    Da namorada, porém, acho q ele deu uma leve mentida. Mas tudo bem hahaha. Gente, tô comentando tua vida como se fosse a novela das oito hahaha

  3. Ahhhh tô adorando a “série” baseada em fatos reais 😀

    *primeira vez comentando aqui, deixando a preguicinha de lado.

  4. leka

    tu ja pensou na hipotese de que esse cara pode descobrir coisas da tua vida, e saber que esse é seu blog e ler tudo o que tu pensa sobre ele?!?!? ahahahahhhahaha
    mesmo assim, eu adoro ler as coisas que tu escreve!!!!! de verdade, não via a hr de ver a continuação! e agora to esperando a outra continuação….
    boa sorte =)

  5. Ai re, to morrendo de rir aqui! hahahahahaha que demais!
    mas confesso que achei “mil beijinhos” meio estranho. quando você começou com a história de gay eu fiquei meio apreensiva tipo “ai ele vai sair do armário pra ela, que uó”

  6. Leka, já pensei que ele possa ler sim…Mas meu outro vizinho comentou que acha que nem computador ele tem. Uma pessoa que nem computador tem, não deve se ligar em achar blogs. Procurei ele no orkut e também não achei. Ele nunca acharia meu blog assim sem querer pq nem sabe que meu apelido é Rebiscoito. Mas sabe o que eu pensei? Que depois que a gente se beijar e bibibibababa eu vou dar uma revista que saiu o primeiro capítulo do flerte no elevador pra ele. Ele vai ler, e se quiser, vai entrar no blog e ler todo o resto. Na verdade, eu acho que ele vai achar um máximo! Pq ele me acha criativa, espontânea..Vai dar risada lendo. Mas só depois que acontecer alguma coisa né? Se não ficaria ridículo. hahaha

  7. @vidinhadovini

    Pô, já estava ansioso pelo post quando vi vc comentando no twitter e ri altão aqui lendo, muito bacana! Quero nem ver o post de quando pegar hauahaa

  8. Ander

    Eu pude ouvir sua voz falando isso aqui:

    “- Não…

    [silêncio constrangedor…]

    – hehehe brincadeira, claro que tenho. Anotaí.”

    Muito sua cara! :^D

    E quanto a você estar “fedida e molhada”, eu acho que pode ter contado pontos a seu favor. Eu sempre acho que mulheres ficam tão gatas depois de tomar chuva! Tipo, aquele cabelo molhado e desarrumado mas que guarda resquícios do cuidado de outrora. Acho beeeem interessante!

  9. Ander

    uau heim amigo, que fetiche mais diferente! Mulheres que tomaram chuva, hahaha adorei. Mas eu não tava tão molhada assim pq estava de guarda-chuva..Seria sensual se meu cabelo tivesse bagunçado por causa da chuva, eu nem ia me preocupar em arrumar pq ele saberia q a culpa não era minha. hahaha

  10. Hey, eu estou acompanhando igual novela também.
    O “cara do elevador” parece ser beeeem melhor que “o cara de rave da vila olímpia”.

    PEGA LOGO!!
    [e depois conta pra gente]
    (:

  11. hahaha fez todo um suspense só por isso?

    tava esperando muito mais!
    agora minha chefe fica comentando o caso comigo. é engraçado

  12. PRECISO dizer que adoro essa história, mas achei o cara meio brega, falaí?!

  13. Água: meio brega? MUITO brega. Mas a gente tem que entender que nem todos são descolados como a gente e eles acham que sendo galanteadores assim vão nos impressionar. hhahaha Eu tento relevar isso.

    Fi: Ah vai…Como assim só por isso? Foi a maior prova que ele está afim do mundo! Você esperava o que? Sexo no elevador? hahaha Quero saber oq sua chefe comenta sobre a minha história, fala pra ela comentar aqui no blog também! hhahaahha

    Netunno: o cara do elevador é melhor que o do bejo na faria lima pq ele usa terno e nossa história é mais longa. Mas não imagino que eles devam ser lá muuuuito diferentes não viu? ahahaha

  14. ai nao, se tu acha que ele tem namorada, pula fora! se vc já tá toda apaixonada antes de rolar qq coisa, imagina depois? vai acabar quebrando a cara… sei lá, é o que acho! =)

  15. Mari,

    eu acho sim que ele namora mas não espero nada dele além de uma pegaçãozinha básica. Não imagino a gente tendo um relacionamento sério nem nada, é algo mais pra curtir mesmo, entende?
    Mas poxa…Gostei do seu conselho. Queria que os comentários fossem mais assim falando oq as pessoas acham e não só pedindo cenas do próximo capítulo! hahaha Obrigada querida!

  16. Acompanho a historia dês do primeiro post ,mais confesso que sempre tive preguiça de comentar ,mais esse post acho que merece a minha”opinião” .Acho tudo lindo, “magico” ,mais acho que infelizmente vai ficar só em uma pegação básica ,rs,pois você acredita que ele namore né.
    Depois que rolar alguma coisa (torço para que isso aconteça ) ,conte sobre o blog ,acredito que ele vá adorar .beijos e ah MUITAA SORTE.

  17. psicodramas

    Uau! Excelente! Já tive um caso IDÊNTICO a esse com meu ex-vizinho… O meu deu certo, kkkk, mas o “bixo” xonou depois e eu não queria nada sério…
    Boa sorte pra você, por experiência própria, ele tá muito na sua 😉

  18. Hahaha adorei sua resposta! Continuando a discussão, tb sou a favor da curtição, mas tem outro fator: ele é seu vizinho! imagina depois que a curtição acabar, vc pegando elevador com ele de novo, que constrangedor… e o pior, imagina se vc encontra ele com a namorada?? embaraçoso! é que nem pegar colega de trabalho, quando o lance termina que a gente vê que nunca deveria ter começado hehehe

  19. Mari

    é..devo concordar com você. Mas agora é aquela hora que a gente não fica pensando nas consequencias né? Té parece que eu vou deixar de pegar o gato só pq posso encontrar ele no elevador depois quando tudo estiver acabado. Esses momentos constrangedores serão MÍNIMOS perto do que vamos fazer juntos. HAHAHAHA brinks. Mas isso de encontrar ele com a namorada, seria o maior azar do mundo. Eu e ele moramos aqui desde que éramos pequenos e eu NUNCA vi ele com nenhuma mulher na vida. Era só o que me faltava encontrar ele acompanhado depois da nossa pegação né? hahahaha Vou torcer pra que isso não aconteça. Fora que vai ficar mais constrangedor pra ele do que pra mim né, afinal..Ele disse que tava solteiro e eu acreditei 0:]

  20. Lucila (mãe da Rebiscoito)

    Minha amada, até eu curto suas histórias…rs Outro dia pessoal, eu estava na garagem saindo com meu carro e ele chegando, liguei correndo para casa do celular para avisar ela…hahaha, demos muita risada, ela me disse, ok mãe, mas o que eu posso fazer!??? E eu, é verdade né!!! rsrsrs E fui embora…
    Mas quanto a essa de constrangimento, acho que não vira não, acredito mesmo é que nós temos que fazer tudo que nosso coração deseja hoje, amanhã é outro dia, depois a gente vê o que faz! Vai firme filha, estou torcendo sempre por você e te apoio em tudo que decidir!

  21. Ni

    Reee !

    Ahhh tá mto boa essa história, e com certeza ele tá mto afins de vc …. uma pegadinha básica , só p matar a curiosidade, num pega nada !! 🙂
    MASSS, e se realmente ele tiver namorada, mas pensado bem, essa “moça bunita q tava c ele no elevador” pode ser uma amiga,prima,vizinha nova hehehee ….
    Acho q ele num tem namorada ñ, se ele repondeu de pronto !!!
    bom …. cada um cuida do seu né !!! 😀

    sorteee rs

    bjoss

  22. Nat

    – Hahaha ah..Então..Você não tem algum número?
    – Não…
    [silêncio constrangedor…]
    – hehehe brincadeira, claro que tenho. Anotaí.

    brincou com a sorte. fatão! kkkkkkkk
    estou na torcida, Re!
    até pq se ele for tão bonito quanto eu imagino, vale a pena pegar nem que seja uma vezinha só! shaiushiuahsaiuhsa
    ;*

  23. aaaiiinnn adorei o comentário da mãe! se a mãe tá mandando ela ir fundo, quem sou eu pra dizer o contrário né? =) e querendo ou não, tb quero ver mais capítulos dessa história hehehe

  24. Nat

    bem que eu podia colocar uma foto dele aqui pra vcs verem né?
    se eu fosse leitora do blog ficaria suuuuuuper curiosa
    mas nao tenho como tirar…….e o medinho de desapontar as pessoas? hahaha pra mim ele é um gatão mas vai saber se vcs tb achariam o mesmo. hahahaha

    Mari,

    tb adorei o comentário da minha mãe, hahaha mto fofa ❤

  25. muito bom. Esse clima pré-amasso é o melhorrr.
    beijos e depois conta mais pra gente.

  26. Isa

    Uou! Concordo com sua mãe! Agora é respirar fundo e “se jogar”. Amanhã é um novo dia, e que seja doce! hahahahaha
    E sobre a foto, eu tbm sou suuuuper curiosa pra conhecer o tal vizinho gato charmoso.
    ps: ansiosa pelos próximos episódios da saga!

  27. Mto boa!

    Conta comigo pra leitor deste blog e pra torcer por vc! Apesar que eu sou meio contra mulheres que querem homens mai velhos… acho que é pq eu nao sou tao velho assim… hehehhehe

    Boa sorte!

  28. gisélia

    me iddentifiqueei com atua paqueera pq conheci o pai dos meus filhos mais ou menos assim. Fui casada 14 anos e hoje mesmo separada valeu a pena! Arrisque quem sabe não vai ser ele o seu! Boa Sorte bjs gisa

  29. hahaha porra, agora que conheci seu blog fui ler a história do “elevador” desde o início! Que “livro” mais gostoso de ler hahahaha …. não perco o próximo capítulo por nada!

  30. Diego,

    o flerte no elevador já acabou! Tem até capítulo final, hahaha da uma procurada ai no blog q vc acha 😉

  31. Hey, vim parar aqui por causa do link que o inagaki postou no tuíto.
    Vira e mexe ele compartilha algum link no reader que é relacionado com histórias românticas. Nada contra quem é romântico, mas não sou muito de acompanhar histórias do tipo.
    Aí pulo.
    Mas caí no teu blog e li esse relato. Mega corajoso de fazer. E teu jeito de escrever revela muito de como vc é (isso concluo depois de ver o vídeo lá em cima).
    Achei mega legal ver que esses flertes de elevador podem um dia serem correspondidos (moro num prédio de 23 andares e quase 200 apartamentos. Um flerte perdido pode ser a última vez em que se vê a pessoa). Anyway, nem ideia pq escrevo isso.
    Gostei do blog, mas não sei se vou acompanhar. Sacumé? Me traio muito.
    Enfim, deve ser o último comentário que começo com “hey”.
    Abraço

  32. Noossa, primeira vez que visito seu blog (conheci pelo mão feita) e to adorando muitoooo! parabens e to viciada em seus textos e sua novelinha real *—*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s