Utilidade Pública

Esses dias estava no ônibus e reparei na janelinha do ônibus ao lado, um adesivo novo daqueles que explicam que os bancos amarelos são direcionados a pessoas ‘especiais’. Antes, os adesivos alertavam que os bancos especiais eram para gestantes, idosos, pessoas com crianças no colo e cegos [não me lembro se cegos se encaixam no espaço onde fica a cadeira de rodas também, mas enfim…] Agora, colocaram o pictograma de uma pessoa gordinha ao lado desses, ou seja, os bancos especiais também são destinados a pessoas obesas.

Eu sempre respeitei os bancos especiais e faço questão de levantar se chegar alguém com mais necessidade de sentar do que eu – mesmo que eu esteja em um dos bancos normais. Na verdade sou corretinha, me coloco no lugar das pessoas e sempre acabo levantando ou perguntando se a pessoa quer que eu segure sua bolsa etc.

Hoje, sentei em um dos bancos amarelos e num dos pontos seguintes, entrou uma moça obesa – uma que geralmente pega o mesmo ônibus que eu várias vezes. Me lembrei do pictograma de pessoas obesas, olhei para cima e lá estava ele com a frase explicativa logo abaixo. Confesso que fiquei um pouco sem graça de perguntar se a moça queria sentar, fiquei pensando se ela iria se ofender por eu estar oferecendo o lugar pra ela por ela ser obesa…Pois era nova, e estaria totalmente evidente que seria por seu peso. Sem pensar muito, optei pelo politicamente correto, levantei e disse: ‘moça, quer sentar?’ e ela: ‘não não, obrigada!’ eu tentei insistir um pouco dizendo que desceria logo [mentira] mas ela, simpática, agradeceu e disse que não.

Eu sorri e sentei no banco de novo. Passei o caminho inteiro me sentindo um pouco mal por ela ter recusado, sem saber se tinha achado chato eu oferecer, ou se tinha achado educado…Se ela ficou constrangida e por isso não aceitou. O que seria ético fazer neste caso? O ônibus esse horário estava super cheio e ela, além de ficar apertada aguentando seu próprio peso em pé, ocupava um pouco o espaço das outras pessoas. As vezes ela apenas queria ter o direito de ir em pé o trajeto inteito, mas também pode ter se sentido ofendida com a minha atitude.

No final, ela acabou descendo um ponto antes que eu, e com certeza viu que não era verdade que eu ia descer logo e que estava apenas querendo ser gentil.

Acho que minha intenção foi boa, por isso não me arrependo…Mas se ocorrer uma situação dessas de novo, acho que não vou perguntar, vou apenas levantar sem dizer nada. O ruim é se uma pessoa nova e magra como eu pegar o banco e meu plano ter ido por água abaixo! Mas é um risco a se correr, não é mesmo?!

Anúncios

17 Comentários

Arquivado em Comportamento, Cotidiano, Eu

17 Respostas para “Utilidade Pública

  1. luizaconde

    já passei por isso também, mas foram com idosos.

    não sabia se era mesmo uma pessoa idosa e fiquei com medo de ofendê-la. =/ acabei oferecendo meu lugar, mas me senti mal.

  2. Pedro

    ah eu sempre uso “seu” plano B… levanto sem dizer nada e torço pra pessoa (se quiser) sentar …

  3. Eu sinto esse contrangimento com pessoas que nao sei se estao gravidas ou gordas. mas de fato, o melhor eh levantar sem falar nada. eu faço isso.

  4. Velhos enxutos também ficam ofendidos.
    Por isso eu gosto das grávidas, elas sim sabem aproveitar seus rápidos previlégios.

  5. pois é…mas acho que todos têm seus problemas. as vezes as grávidas podem ser gordas e os velhos podem se achar jovens. a vida é cheia dessas complicações né minha gente? o bom senso tem que agir! mas se não souber como agir levante, hahaha é o melhor a se fazer eu acho =/

  6. Airton (Jay)

    Que legal entrar aqui e ver seu blog. Ver que mesmo tendo mudado muito, ainda é possível reconhecer vc por trás de cada post.

    Bom “rever” vc a partir dos seus textos.

    Beijos saudosos

    Jay

  7. Natha

    Juro que a primeira vez que eu vi esse desenho, fiquei meio assustada, lembrei de uma vez que eu entrei no onibus e tinha um cara reclamando que nao podia passar pela catraca, e ele nem era tao obeso assim.
    As vezes isso ta tentando ajudar e na verdade pode é piorar, até por que eu nao vejo o obeso como um deficiente similar aos outros do desenho..

    Tentei imaginar como deve ser o onibus pelo Estados Unidos ou coisa parecida, onde a obesidade deve ser pior..

    ps: adorei seu blog!

  8. Natha,
    eu acho que pessoas realmente obesas deveriam ter esse direito de sentar sim pois as vezes o ônibus ta mais cheio que o universo e elas, além de terem que aguentar seu próprio peso, se segurar e tal, super atrapalham o espaço das pessoas que stão em pé. Fora que geralmente, pessoas muito obesas tem problema de coração, circulação…Ah sei la, as realmente obesas têm esse direito. Mas os simplesmente gordinhos e folgados não devem querer se aproveitar disso! Daí, deve chegar o tal do bom senso de novo e de novo e sempre!

    obrigada pelos elogios! isso me empolga a continuar com o blog hahahah =**

  9. Pessoa obesa nada… Esse pictograma é do Barney, aquele dinossauro.

  10. Certa vez, vindo da faculdade, o cobrador disse: “Hey Senhora, fique tranqüila, não precisa passar a catraca (roleta?), pode descer pela frente.” A moça fez cara de dúvida e questionou: “E por que isso?” Com apenas uma das sobrancelhas levantas, o cobrador completou: “Ora, a senhora não está grávida?”, já roxa de raiva/vergonha a tal senhora-gorda-gravida finalizou o assunto:”Não, não estou.” O ônibus caiu na risada. Fim.

  11. Nathalia

    Sim, eu acho que as pessoas que sofrem de obesidade merecem os mesmos direitos de quem esteja passando mal, ou gravidas..
    mais eu logo imagino nos gordinhos folgados pensando “ah para que emagrecer se eu tenho mais direitos sendo assim?”
    existem milhoes pontos de vista sobre esse mesmo assunto, eu mesma me pego em cima do muro podendo concordar com outras opnioes…

    e espero que vc continue sim!!

  12. Caio

    Acredito que a questão da Obesidade, é apenas se a pessoa for mórbidamente GOrda. Mas Enfim, nunca passei por isso, mas sempre procuro ser “corretinho” tambem sabe, sempre cedo o lugar. Mas sempre pergunto,” A Sra quer sentar?” , geralmente elas aceitam. Aqui na minha cidade ainda não tem esse aviso para gordinhos. Apenas para idosos e gestantes.

  13. poxa, passo por isso todos os dias, com jovens obesos, deficientes fisicos, idosos e afins, as vezes pareço ter ofendido, as vezes não, mas faço minha parte, que nunca se restringe apenas aos bancos especiais, mas a qualquer situação em que eu me sinta mais beneficiado de que pessoas que tem uma nessessidade e uma dificuldade maior que a minha em tal situação, fico indignado as vezes de ver pessoas que não levantam no mero e no onibus, fingindo estar dormindo ou que não perceberam a rpesença de tais pessoas nessas condiçoes, sei q minha atitude não irá mudar o mundo sozinha, mas convivo bem comigo memso quando consigo ajudar alguem nesses casos, memso que seja um caso pequeno ali naquele momento, respeitar pra ser respeitado? ou simplismente fazer o bem sem querer nada em troca?, sempre! =)

  14. Magoo: ‘sentir-se bem consigo mesmo’, taí a essência!

  15. Paolo Belloti

    Obrigado Re, agradeço seus elogios
    tenho me esforçado para fazer um trabalho legal
    e por sinal também sempre entro em seu blog, site, página na web (como posso chamar?)
    e adimiro sua maneira como se expressa.
    Enquanto ao livro que citou (misto quente)
    nem presciso dizer o quanto sou fã
    certo então Re, fica na paz
    beijos

  16. Não me importo muito. Se a pessoa quiser sentar, é só ela pedir ou olhar com “cara feia”. Se ela não lembrar do próprio direito, não sou eu que vou tomar conta.

  17. Complicado. Eu nem sento nos reservados pra já evitar passar por saia justa (e também pq fico viajando enquanto olho pela janela, então corro risco de levar uma bronca por não ver a pessoa). Enfim, prefiro ficar em pé do que sentar nos reservados.

    Uma coisa que dá raiva é quando você vê alguém fingindo que está dormindo só para não dar o lugar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s