Educação é Luxo

Ontem aconteceu algo muito desagradável comigo na hora do almoço, então resolvi escrever sobre isso pois me fez repensar vários pensamentos que eu já tinha mas que é sempre bom lembrar…

Fui almoçar no Carrefour do shopping Eldorado, e pedi 2 pastéis de carne. Paguei com uma nota de 20 e a mocinha me devolveu o troco com 10 reais a menos. Eu saí andando e quando olhei, voltei lá e disse: “Moça, eu te dei 20..” e ela, pegando o troco de volta toda educada disse: “Ai, me desculpa…”. Depois de conferir na nota fiscal ela falou: “Não, você me deu 10…Eu anoto a nota que a pessoa me dá e aqui coloquei 10..” me mostrando o papel…Bom, eu sabia que não estava louca e tinha certeza que tinha dado 20 então insisti e fiquei esperando ela resolver. Pediu pra eu esperar um minutinho pois ia chamar o gerente [ou alguém com mais autoridade que ela…]. Chegou uma daquelas moças de patins, com uma cara de mau humor e a mocinha do caixa começou a contar TODO o dinheiro que estava no caixa pra ver se tinha algo sobrando. Eu, como sabia que estava certa, não fiz cara feia nem nada, apenas esperei. Horário de almoço né…Começou a formar ma fila enorme atrás de mim e as pessoas começaram a se stressar…E eu nem tchum, continuei esperando, até que a mocinha me fala: “É, o dinheiro tá certo, não ta sobrando nada aqui…”. Eu gelei né? Mas poxa, eram 10 reais, não 10 centavos. Peguei a carteira e mostrei dizendo: “Gente, tinha só uma nota de 20 aqui dentro…Não tem como ter confundidio..Eu dei 20” [e eu mesma me surpreendia com a calma que eu estava]. A mocinha resolveu contar tuuudo de novo. As pessoas na fila começaram a surtar. “Poxa, eu tô em horário de almoço, não tem como fazer o pedido e pagar no caixa?” “Posso pagar em dinheiro, é só a máquina do cartão que tá quebrada?” …hahaha. Eu já comecei a fazer cara de impaciente mas mesmo assim continuei esperando. Depois de uns 15 minutos, e meus 2 pastéis de carne bem frios na mão, a mocinha termina de contar o dinheiro, e diz: “É, ta certo…TOMA SEU TROCO” suuuuper grossa! …eu mereço?!

Agora pára e pensar: custava dizer “Desculpe, eu errei mesmo…ta aqui seu troco” ou…Pelo menos ser um pouco educada e pedir desculpa apenas, sabe? Eu sempre ODIEI pessoas que tratam mal funcionários tipo garçons, faxineiras e derivados, só que essa menina pediu né? Mesmo assim eu disse: “Obrigada” e saí andando. Não consigo ser grossa com as pessoas assim dessa forma. Mas fiquei indignada e até perdi a fome. Comi os pastéis e fui procurar o gerente da loja.

Passando nos corredores, perguntei pra um cara que arrumava as estantes, onde eu poderia achar o gerente e o cara me fala: “Ih…vai ser difícil viu? Até achar ele vai demorar anos…” e eu: “Putz, pior é que to em horário de almoço, que cocô…” e ele: “É, aqui é um lixo mesmo!” [???] hahaha eu dei risada, claro..Mas por dentro estava com dó de ver como é a política de trabalho daquele Carrefour [se é que se pode chamar isso de política de trabalho].

Para encurtar a história, encontrei um segurança na entrada num balcãozinho de informações e pedi pra ele chamar o gerente. Até que não demorou muito, eu fiz minha reclamação, o gerente pediu desculpas, claaaro, e eu fui embora. Mas nunca vou me esquecer desse fato. Educação é algo tão essencial e simples, que não sei como ainda pode acontecer situações como essa. Fico bastante desanimada com o Brasil nesse sentido, pois sei que a maioria da população é assim, mas ainda prefiro fazer minha parte e fingir que vivo num mundo onde todos são educados, ou pelo menos merecem que eu seja educada com eles.

Fim.

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Comportamento, Relacionamentos

7 Respostas para “Educação é Luxo

  1. eu acho que vc deu 10.

  2. Brunão

    mandou bem, gostei do texto, manda ele com o logo pro sac do carrfour agora, ou pro pasteleiro-chefe…
    bjs!

  3. Pior que eu sempre respeito pessoas tanto superiores quanto de cargos mais baixos. O porteiro do prédio sempre conversa comigo, já até entro sem crachá. Quando me tratam mal muitas vezes eu reclamo e com razão. Não podemos deixar passar, porque se aquela pessoa te trata assim, é porque não deveria estar lá, tem muita gente querendo trabalhar de caixa nesse meu Brasil que sabe muito bem a diferença da vermelhinha de dez, pra douradinha de vinte. ;D
    A diferença é que quando sou tratado bem, também faço questão de reconhecer. Muitas vezes as pessoas dizem que se fez bem, não fez mais que obrigação, afinal está lá para isso, mas a gente sabe que não é bem assim. E elogios são tão bons de receber! Praticamente uma massagem no ego de cada um.
    gostei dos posts 😉

  4. Marcelo(é, o da Origami!)

    Re,
    O pior de tudo é que no Brasil ainda é uma maravilha perto desse pseudo-primeiro mundo que é a Europa. Aqui te tratam mal e pronto. Supermercado aqui chega a hora de fechar o gerente sai andando nos corredores com cara de bravo falando pra galera ir pra casa. E se vc falar que não vai comprar ele fala que é problema seu. Pra vc ter uma ideia não existe aqui em restaurante a historia de “não tem mesa mas espera 5 minutinhos que ja vaga uma e vc tem preferencia”. Aqui a historia é não tem mesa, tchau!
    ps. desabafo de alguem que sabe que o brasil é ruim, mas é bom, e que o resto do mundo é bom, mas é ruim.
    Se contar que povo como o daí não existe!! Saudades!
    Beijos
    Ma

  5. nossa, até eu fiquei com raiva!

  6. Recentemente, informei ao motorista do trolebus Praça da República/Gentil de Moura que o letreiro estava incorreto. Ele me agradeceu? Não, bufou e ainda gritou para o cobrador: “- Como tem informante nesta linha não?” Só que ao contrário de vc, que não consegue ser mal educada com as pessoas, eu retruquei: “- De informante estou lhe mandando tomar no cu, grosseiro!” A minha educação é proporcional à da outra pessoa. Cansei de tomar sapatada de graça…

  7. Jéssica

    Oi Re, desculpe-me pela intimidade, mas eu estou me identificando tanto com o seu blog e com os seus posts que parece até que foram escritos por ou para mim! rs…
    Vc é uma fofa! Sucesso na vida e vou te procurar no Twitter. Adorei tudo isso aqui.

    Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s