Como dar um fora educadamente?

Quando saio a noite, adoro observar as pessoas. Faço muito isso, principalmente com casais que estão flertando. É engraçado ver que a linguagem corporal às vezes vai totalmente contra o que a pessoa está falando. Às vezes fico com vontade de estudar pessoas e começar a ganhar dinheiro com isso, sei lá como.

Clichês do flerte na balada

ODEIO meninas que ficam de mimimi na hora do xaveco. Você vê que ela ta lá toda se esfregando no cara, mas na hora que ele vai tentar beijar ela vira o rosto e dá uma risadinha. Eu não teria paciência para ser homem. A primeira que me fizesse de besta assim, já me daria vontade de virar as costas e ir atrás de outra. Aliás, como mulher, acho que sou muito diferente das garotas por aí. Pelo menos nessa coisa do começo. Andei pensando nos últimos caras que fiquei, e me dei conta que fui sempre eu que fiz as coisas acontecerem. Acho até que prefiro assim. Se estou na balada e vejo alguém que me interessa, dou um jeito de falar com a pessoa nem que eu tenha que me aproximar com o papo mais nada a ver do mundo. (E não me venham com aquela historinha chata de não beijar pessoas na balada. Se tô solteira e me interessei, não vejo motivos para não fazer.)

Mas esses dias me aconteceu uma coisa engraçada e eu comecei a pensar que talvez alguns homens gostem desse tipo de flerte. Essa coisa da insistência, de ganhar a garota… Acho que eu é que sou muito prática e sincera: se eu quero, quero, se não quero, não quero. E se não quero, não vou ficar fingindo que quero só pro cara ficar no meu pé. Porra, eu tenho mais o que fazer, né? E ele também. Acho que é um puta desperdício de tempo.

Aconteceu comigo

Um dia estava numa balada, super cansada e meio com preguiça de dançar. Daí apareceu um “amigo” que eu já tinha ficado numa noite e tinha sido bem legal. Mas na noite em que ficamos, eu tava super afim e era super propício. Nessa noite não. Daí começamos a conversar e eu percebi pela linguagem corporal que ele ia tentar chegar em mim. Então comecei a responder com o corpo que não ia querer. Obviamente, o cara não percebeu. Ou percebeu, mas ignorou e continuou tentando. Sabe… Eu não gosto de dar fora nas pessoas, de ter que dizer não na cara. Mas tem homem que PEDE por isso. No meio das nossas conversas, até falei numa boa que tava cansada e não queria ficar com ninguém, mas ele parecia ignorar totalmente o que eu falava. Quando menos esperava, tava ele lá tentando dar umas fungadas no meu pescoço. Achei que um simples NÃO faria ele parar, mas… Que cara insistente! Falei pra ele que a noite que a gente ficou foi super legal e que poderia até rolar outra vez mas não naquela noite. Daí, estávamos sentados no sofá e eu disse: “Vamos levantar e ir com o pessoal pra pista, não quero ficar aqui sozinha com você.” E ele respondeu algo do tipo: “Mas se você não quisesse, não estaria aqui comigo até agora.” Tipo, OI??? Eu tava lá conversando numa boa com o cara tentando não ser escrota e sair deixando ele falando sozinho, e ele vem me dizer uma coisa dessas? “Olha, só estou aqui com você, porque acho escroto meninas que saem e deixam os caras falando sozinhos. Só não saí porque não seria legal da minha parte, mas ok, to indo lá então.” e fui embora. Se a pessoa praticamente pede pra gente tratar ela mal, a gente trata, não é mesmo?

Moral da história

Tem cara que gosta de tomar fora. Não é possível. Tentei ser legal falando a verdade para continuar numa boa mas ele não quis nem saber. Se pra dizer “não” prum cara, eu preciso ser babaca… Não sei mais onde estão as pessoas legais nesse mundo.

Alguém? :/

About these ads

36 Comentários

Arquivado em Comportamento, Relacionamentos

36 Respostas para “Como dar um fora educadamente?

  1. Bruno Silva

    Eu já pensei nisso,a Respeito de estudar o comportamento das pessoas interessante agente aprende mais com isto e o melhor ganhar uma grana com isto também !! rsrs e claro eu Sei a Fórmula Secreta para Ganhar rsrs,mas vamos ao que interessa !(Isto já e para outro assunto) Gostei muito deste Post Parabéns !
    tudo bem que não sou do que vive Saindo Balada a Fora mais percebo sempre algumas linguagens corporais tanto de homens quanto de mulheres sempre vejo a persistência do Homen em ficar com uma Mulher que não ta afim chego as vezes a ficar rindo desses “momentos” e no final o cara sai todo se achando por isso que “Brisa” não ?

    Parabéns tudo de Boom para você !!
    Abraçoo !

  2. Eu cotumo ser bastante educada como você… Pq sinceramente se eu n quero eu deixo bem claro isso, se n entendeu aí não posso fazer nada…

    Fazia tempo q n lia um textinho seu… Mas adoro o jeito q vc escreve suas histórias. BJS!

  3. Bruno Garcia

    Sei lá, fora é fora. Acho que se o cara não percebe um fora discreto, tem que ser mais enfática mesmo.
    Já eu, costumo andar com minha moral regulada no mínimo, e no menor sinal de que a menina não esteja a fim eu já deixo de investir. Acho que já tomei alguns foras assim que a menina nem sabe que deu. hehe

  4. John

    Genial Rebis! Graças a Deus existem mulheres que pensam que nem vc.
    Eu tbm odeio esses joguinhos qdo eles não tem sentido.. virar o rosto na hora do beijo e dar um sorrisinho de Monalisa, eu me sinto no século XV. Eu tenho que estar com muita vontade pra ter paciência, pq nao beija logo? É tão mais simples.. e aí a gente pode até fazer uma digestão melhor, o Woody Allen estava certo.
    E existe a teoria: Essas Monalisas de balada fazem com que o cabra fiquem insistindo pq qdo ele pensa se ele insistir ele vai beijar a donzela ” Oras.. ela está fazendo joguinho.. uma hora eu beijo…” ou épicas tipo: ” Mas se você não quisesse, não estaria aqui comigo até agora” e por consequência disso, qdo o cara nao tem a capacidade de saber identificar uma mulher segura q nem vc e insiste, o erro escroto é cometido e só sobra o Adeus para o senhorito,perdeu.
    Vc tem toda razão de odiar essas meninas inseguras e homem sem noção.

  5. Bruno Garcia,
    “Acho que já tomei alguns foras assim que a menina nem sabe que deu.” hahahaha tomar fora sem a pessoa saber que deu um fora? ISSO FOI GENIAL! hahaha

  6. Hahahahaha esse tema é ótimo! Também sou do tipo que, se não estou afim, primeiro dou a entender que não estou afim mesmo, mas sempre na maior educação e simpatia. E sabe como é, sempre tem aqueles que não sacam o “sou legal, não estou te dando mole”.
    Aí falo abertamente “NÃO.ESTOU.AFIM.” E meeesmo assim tem gente que não entende. Você ignora uma pergunta, vira pra porta, diz que tem que ir ao banheiro, pro bar, começa a conversar com outra pessoa e o cara ainda tá lá, enchendo o saco.
    Aí eu já parto pro “Olha só Fulano, conversei numa boa com você, tava sendo educada até agora, já falei que não estou interessada. Preciso ser grossa pra você entender que não vai rolar?”
    Não falha nunca :)
    (e geralmente vem seguido por um pedido de desculpas)

    Pior que essa história da Monalisa é totalmente verdade e fui testemunha disso esses dias. Rolou uma festinha da empresa e lá estava minha amiga recém-solteira (após de eternos anos de namoro). Um carinha chegou matando e ela só “desviando” dos beijos dele, mas aceitava os abraços, ria das cantadas de pedreiro e dava abertura pras fungadas.
    Ela não estava interessada em beijar ele, mas estava precisando se sentir desejada, afinal… Então aquele joguinho tava meio que no ganha-ganha.
    Além de tudo, ela é daquele tipo de pessoa que está sempre de boa, rindo de tudo e de todos… E só falava “não” sorrindo.
    Quando o cara dava um tempo, ela corria pra gente e falava “e agora, o que eu faço? ele não desiste nunca!”
    Adivinha a resposta (unânime): “Pô, Cami! Fecha a cara!”
    E essa historinha perdurou por (sem brincadeira) umas 4horas. Até que ela tirou forças sabe-se lá de onde, fechou a cara e falou “FULANO, SAI DAQUI!”
    Ele virou as costas e ela caiu na gargalhada… Mas se livrou do cara :)

  7. porra, detesto esses comentários gigantes (como o meu) :(

  8. Francisco

    A maioria é tapado ué. Vc SABE disso, hahahah

  9. Aline,
    (eu ADORO esses comentários gigantes como os seus)
    no caso da sua amiga, não ficaria surpresa se o cara falasse mal dela pros amigos depois. A gente entende que ela é legal, mas sacaneu, né? Fez o cara perder 4 horas da festa (pô, 4 horas é a festa inteira) tentando pegar ela sendo que ela sabia desde o começo que não ia pegar? Eu ficaria puta da vida no lugar do cara! hahaha

  10. Eu procuro usar essa insitência ao meu favor! hahaha
    quando percebo que eles gostam te ficar insistindo, eu me faço de dificil e no final eu deixo! Até a hora da ficação fica bem mais gostosa!

    Mas claro, eu não me faço de dificil sempre, mas uando percebo que o carinha é fofinho e tem cara de coitadinho, é legal fazer ele de bobo hahaha

  11. Meu Deus parecia que eu tava lendo algo escrito por mim. Juro. Mas a diferença é que eu nunca chegava pra conversar, por ser tímida, mas quando eu queria algo com o cara, sempre alguém já conhecido, EU corri atrás. Todas as vezes foi assim, inclusive com meu namorado. É aquele correr atrás sem ele perceber que eu to correndo atrás, sabe? Acho que se não fosse tímida seria como você. Quanto ao fora, acho que quando você disse que não queria ficar com ninguém ele pode ter entendido ninguém fora ele, e esses mimimis. Não sei. Quando mais nova eu não sabia dar fora. Ok, ainda não sei, mas eu era muitas vezes até grossa. Eu mais nova teria deixado o cara sozinho. Eu agora teria agido como você. Depois aprendi a só deixar claro logo o que quero e não quero, sem mimimis e enrolações. Odeeeio esses joguinhos.

  12. Geovana

    Como assim história chata de não beijar pessoas na balada?? Tem disso Rebiscoto? Desconheço completamente… Aí como sofro com isso… pq não sei ser grosseira, nessas horas aquela sua amiga companheira de balada ajuda, te resgata, ou inventa uma abobrinha e te livra do mala. Agora eu queria saber fazer isso, chegar nos caras, realmente não sei como… e ai Rebiscoito…algum técnica pra indicar prazmiga?

  13. Pedro Sibahi

    Rê, o problema é que algumas meninas só ficam com caras insistentes, outras são menos do joguinho. Aí, nós homens, ainda mais quando estamos bebados, não sabemos o que fazer.
    Eu, por exemplo, sou um cara que não gosta de joguinho, conversou, rolou uma química, eu sou direto. Isso quando a química não rola só pelo olhar.
    Se a pessoa não quiser, em geral eu saio de boa. O problema é que as vzs vc quer bastante ficar com uma pessoa, ou vc não sabe que tipo de pessoa ela é (e se alguém insiste, mesmo não gostando de joguinho, é pq acha que vale a pena). Ah, e as vzs estamos bebados e somos mais inoportunos mesmo, acontece comigo tbm… mas nada que chegue perto de, não sei, um peão de rodeio ou um micareta-boy…

  14. Opa

    Caramba…aconteceu exatamente isso comigo, como você descreveu, mas eu tava do lado que levava o fora. Eu saí em um dia que eu não estava nem um pouco legal (tinha acabado de terminar uma sociedade, algo que exigiu muito de mim) e encontrei uma “amiga” que eu já tinha pego e estava ali na balada, disponibilíssima. Acho até que ela queria ficar comigo, mas eu não estava legal, estava meio xoxo, mas decidi tentar pegar só pra tentar mesmo. Claro que ela me deu o fora (eu faria o mesmo se fosse ela).
    O engraçado é que a história é tão semelhante que eu tô achando que você é ela. A diferença é que quando eu falei que ia embora, ela quis me acompanhar, mas foi uma tortura ver ela ali do meu lado e eu agindo como bobão. Logo eu que sou meio “pegadorzinho”. Mas, acontece, é a vida, nem todo dia a gente tá James Bond.

  15. Pedro Sibahi,
    realmente, a bebida ajuda na chatice sas pessoas. “peão de rodeio ou um micareta-boy”? hahaha ainda bem que não chega perto disso!!!

    Opa,

    achei graça você quase achando que a garota era eu. hahaha como vc achou meu blog? Mas enfim, não é todo dia a gente tá James Bond mesmo, né? (adorei isso, hahaha) e mesmo não estando James Bond você foi lá e quis pegar a mina… HOMENS… hahaha beijo

  16. mendigo

    Ola, achei interessante o assunto. Acho que esse cara ai deve ter ficado bastante frustrado, afinal ficou com voce outro dia e quando ele achou q ia repetir a dose, vc nao quis e disse que “ate” ficaria novamente. Bem, se fosse comigo, ficaria chateado. Fora isso, acho que tem que ter muuuuita paciencia mesmo, principalmente qdo vc valoriza a mulher e acha que vale a pena. Ate porque, na pior das hipoteses, voce ganha uma amiga. Esse eh o unico ponto que me irrita: a sensacao de que muitas vezes as pessoas nao dao valor pra conhecer gente nova, e colocam tdo mundo no mesmo saco, so porque tem uns mal educados por ai. Mas tb respeito qdo uma mulher nao quer, saio na hora.

  17. Naomi

    Te vi ontem na R. Augusta de noite. e lembrei de vc falar no blog justamente sobre a probabilidade de pessoas se encontrarem coincidentemente nessa cidade tão louca e grande e cheia de gente que nem São Paulo!

  18. Amanda

    Eu acredito que muitas meninas façam esse joguinho apenas porque “homem não gosta de mulher fácil”. Acho que muitas dessas meninas querem ficar com o cara, mas tenta fazer esse joguinho pra se sentir valorizada.
    Essa época já passou. Hoje em dia quem não toma a iniciativa não encontra vagas no mercado de trabalho amoroso.
    No fim, quando o cara desiste, a menina pensa: se ele gostasse de mim, insistiria mais. Pelo menos não fui fácil.
    Porra, o cara nem te conhece, como vai saber se vale a pena insistir em vc??

    Por isso que sou do tipo que sempre toma a iniciativa.

  19. Amanda,
    EXATAMENTE. Hoje os tempos são outros, ser difícil fingir que não é “mulher fácil” pra mim é fraqueza. Eu não sou fácil, não sou dada nem vulgar. Tem muita menina por ai que se faz de santa mas é muito pior do que várias “biscates” que eu conheço. Se você tiver personalidade e for auto-suficiente o bastante, o cara percebe na hora que não é bem assim. Eu sei me dar valor e imponho respeito se for preciso. Não preciso “me fazer” de difícil só pro cara não pensar mal de mim. Se ele pensar mal de mim, azar o dele! Não merece minha consideração.

  20. Felipe

    Amanda,

    Vagas abertas aqui hein! Hahahahahaha

    E sim! Esse joguinho de chove-não-molha é de uma chatisse sem tamanho. Mas me enquadro no que o Bruno descreveu lá em cima. Sair com a moral no mínimo e se afastar ao menor sinal de negação. Hahahahahahaha

  21. Camila

    Puta, eu odeio esses caras pé no saco que nao percebem esse fora-sem-ser-dito. Quando eu era mais nova (To fora do mercado tem um bom tempo) sempre rolava essa má interpretação de fora-educado com doce de balada. Outra coisa chata é quando por exemplo você apresenta dois amigos que já estão de olho um no outro, UM SABE DO OUTRO, e nego demora uma eternidade pra se pegar. Meu, ou quer ou nao quer! Perder metade da festa nesse enrola sendo que podia estar aproveitando junto não é de deus não…
    Btw eu amei o termo monalisa-de-balada e já adotei pro meu vocabulário huahuahaha

  22. THAIS

    Meu comentário não vai ter nda haver com o post :)
    Meniina seu blog é MUITO MUITO MUITO massa, ele
    simplesmente inspira a gente a viver, sem contar que nos faz dar muita risada das suas hitórias loucas. Agora eu nem lembro mais aonde encontrei o blog, mas foi mto bom msm tê-lo encontrado, tava num momento deprê, pós termino de namoro e seu blog meu deu uma baita animada, li ele todinho num dia só. Suas hitórias são muitos boas. Parabéns pelo blog :D

  23. Concordo com a Thais aí de cima, teu blog é ótimo, as hitórias são muito boas e muito bem contadas, faz com que a gente sinta toda a emoção do momento! haha :D

    Mas em relação ao post… bom, eu confesso que sou difícil, mas não faço-de-conta-que-sou e nem fico fazendo joguinho. Acho muito podre quando vejo amiga minha que não quer nada com o cara e fica fazendo ele de besta, acho uma puta sacanagem.
    Se eu não quero nada, já deixo claro! Só não deixo de ser simpática, acho que a simpatia ajuda muito e evita frustrações.

  24. valeria Micaela

    hahaha

  25. Sobre o “estudar as pessoas”, tem um seriado ótimo que analisa as expressões faciais das pessoas, assim como cada sentimento e tudo mais: Lie to Me. Vale a pena conferir ;D. Abraços

  26. fabiano soares

    è verdade,ja passei por experiencia dese tipo alias aho que todo mundo ja passou né quem foi ou é da balada sempre tera uma historia pra contar kkk

  27. acho isso muito maneiro pq a gente devemos saber como lidar com os taradão

  28. Bianca

    Meu nome é Bianca meu msn é : bibiapsoaresvga@hotmail.com para add para fazer novas amizades *-* entãão Gente–>UM cara q num sai do pé!! sem perceber que a garota nem ta afim dele só pode ser muito lerdo mesmo ;P Uma garota quando não ta afim nem liga para ao redor quando esta perto do cara !!!…. agora aquela que não esta afim tem sim um jeitinho de monalisa ,rsrsr !!->mais um cara para não perceber q a garota num ta afim!!haha fala sério MSM! Só visualizar os movimentos corporal dela !! ELA DA UM PASSINHO PARA TRAS toda vez que ele DA PARA FrENTE kkk … Esse é o “”meu”” movimento quando estou numa festa e chega aquele garoto que nem tem aver comigo!! Homem q pede para amiguinho perguntar para mim se tem chance?? kkkkkk para mim tem q ter atitude =P Se eu to afim eu: passo perto e digo um LIÇENCIA algo tipo sem graça olhando no fundo dos olhos ! se ele vinr, sorte minha se num vinr tem mais homem na festa uai kkkk BJO GENTE T+ Ficam com Deus.*-*

  29. juliene

    sinceramente”
    eu sou uma pessoa simples e gosto de curti a vida!
    e se vocé nao gostar de mim AFF olha a minha cara
    de PREOCUPADOOO
    FODA-SE O-OU SE O FENDEU AGORA DESCUPAA AII OKOK

    se vcs kiser o meu orkut :ynneboneca@hotmail.com

  30. do tipo adorei o blog da thais e muito fodaaaa.cara e muito doido!umas historias q vc se diverte serio,fazem um esforço para confirir

  31. isso aq é q é bom:
    pergunta:vc tem balas?resposta:nao porq?-graças a deus,canhao sem bala nao atira.kkkkkkkkkkkkkk.
    eu sou foda,ninguem é melhor q eu.sou o sentro das atençoes.

  32. óó tenho outra:
    cantada:iai gata q tal agente tomar uma bebida?resposta:ta legal,eu tomo um refri e vc um chá de sumiço babaca.

  33. Carlos

    kkk concordo com Bruno Garcia,
    “Acho que já tomei alguns foras assim que a menina nem sabe que deu.”

    Acho legal o que você disse sobre dar um fora educadamente , quem dera todas pensassem assim uhauhauhaua , a um tempo atrás aprendi a fazer o que o Bruno falou acima de uma maneira bem forçada pra não dizer traumatizante levando um fora dos quais ate hoje não esqueci kkk , o interessante é que não fui chato nem ao menos insistente só que na primeira tentativa levei uma que foi ate difícil de encontrar o caminho de casa novamente kkkkkkkkkk . Na verdade eu nunca levei jeito no quesito Mulheres , sempre que tentava algo acabava frustado hehe , com tempo acabei aceitando os fatos de que não levo o menor jeito com mulheres =) ….
    Adorei o BloG ……

  34. sou 100% voçê

    caraca meu esse blog é show
    amei amei amei
    bjinhos p/ tds

  35. laryssa

    olha vou dar uma dica de foras quem te xamar de feia vc fala oque? R.eu não preciso seer feia pra ser respeitada tar meu bem coitadooo de quem è bem mas bonito que vc hahaha xauzinhooo pra vc lindooo srssrrsr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s